Mercedes descarta favoritismo em Spa-Francorchamps

Para Toto Wolff, sua equipe não tem nada garantido no GP da Bélgica

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, pensa que seria "perigoso" assumir que seu time estará na automaticamente na frente do grid quando a Fórmula 1 retomar das férias de verão, no GP da Bélgica deste fim de semana.

A natureza de alta velocidade do circuito de Spa-Francorchamps parece perfeita para as características de distância entre eixos mais longas da Mercedes W08 - com destaque em tipos similares de pistas deste ano.

Mas com a Ferrari sendo ainda um forte candidato, tendo dominado na Hungria, Wolff diz que sua equipe não tem nada garantido neste fim de semana.

"No papel, as pessoas vão assumir que Spa deve se adequar ao nosso carro porque é um circuito onde a eficiência aerodinâmica é extremamente importante", disse, em referência aos pontos fortes de seu carro.

"Mas os pressupostos são perigosos - já vimos muitas vezes nesta temporada que o livro pode ser reescrito de um fim de semana para o outro”.

"Então, não estaremos fazendo nenhuma suposição, temos que marcar os itens na nossa lista de trabalho e garantir que façamos o melhor trabalho para maximizar nossa potencial pontuação”.

"A motivação e a determinação na fábrica são maiores do que nunca. A Hungria mostrou a força da nossa equipe - e pretendemos usar a segunda metade desta temporada para provar essa força".

A ameaça Red Bull

Embora a luta do campeonato mundial esteja sendo travada exclusivamente entre a Mercedes e a Ferrari, Wolff está atento sobre a crescente ameaça da Red Bull em termos de vitórias individuais de corrida.

A equipe baseada em Milton Keynes teve um início de temporada decepcionante, mas ganhou desempenho por trás das recentes atualizações e mostrou uma velocidade particularmente forte na corrida na Hungria.

Wolff acrescentou: "Pelo que vimos na primeira metade da temporada, o equilíbrio competitivo vai variar de circuito para circuito”.

"A Red Bull será uma ameaça se puderem aproveitar o desempenho que mostraram na Hungria. Portanto, precisamos manter a cabeça baixa, ficar humildes em relação aos nossos pontos fortes, diligentes sobre nossas fraquezas e levar o fim da temporada fim de semana por fim de semana".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias