Mercedes planeja introduzir peças "diferentes" nos testes

Segundo Toto Wolff, chefe da Mercedes, equipe alemã tem planos para testar peças que ele classificou como "diferentes" ainda nos testes desta semana em Barcelona

Segunda mais rápida no primeiro dia de testes coletivos em Barcelona, nesta segunda-feira (22) - com Lewis Hamilton ao volante - a Mercedes parece ter 'cartas na manga'. Pelo menos é o que diz Toto Wolff, chefe da equipe alemã, que deixou a entender que o time deve testar peças novas e inusitadas ainda nesta semana.

"Temos algumas partes que são um tanto quanto diferentes. Não temos certeza se vamos testá-las amanhã ou depois de amanhã, tudo depende da análise dos dados de hoje. Mas certamente haverá algo - quando vi essas partes pela primeira vez, fiquei surpreso", disse.

Hamilton ficou a pouco mais de 0s4 de Sebastian Vettel - o mais veloz do dia - mas foi, de longe, o piloto que mais trabalhou em Barcelona, completando 158 voltas. Wolff, portanto, admitiu que o dia foi bastante produtivo.

"Você muda suas expectativas e o objetivo que quer alcançar quando tudo vai tão bem como no ano passado. Mas ainda há espaço para melhorias, nosso plano hoje foi dar muitas voltas para adquirir quilometragem, dados e checar todos os sistemas. Depois é que vamos para a próxima fase, que é olhar para a performance - isso deve acontecer nos próximos dois dias", afirmou.

"Então considero um dia positivo. Antes do início dos testes, conversamos com Lewis, Nico (Rosberg) e Paddy (Lowe) sobre metas de quilometragem. Paddy disse que talvez façamos de 700 a 900 km por dia - é uma meta ambiciosa. Mas já mostramos que a equipe os pilotos são capazes de atingir tal meta", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Teste de fevereiro em Barcelona
Pista Circuit de Barcelona-Catalunya
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias