Mercedes repete escrita da McLaren nos anos de Senna e Prost

Pela primeira vez desde os anos 80 time consegue fazer sua dupla de pilotos campeã do mundo na F1

Uma escrita passou despercebida após o título conquistado por Nico Rosberg no GP de Abu Dhabi deste último final de semana. Depois de consolidar ainda mais o domínio da Mercedes na era híbrida da Fórmula 1, o piloto alemão fez sua dupla com Lewis Hamilton se equiparar àquela que é tida como a maior da história da F1.

Tanto Lewis Hamilton quanto Nico Rosberg foram campeões com a Mercedes em anos seguidos. Dois pilotos do mesmo time faturando mundias desta maneira não acontecia desde os anos 80.

A última vez que isso ocorreu foi no biênio 1988-1989 com Ayrton Senna e Alain Prost, que consolidaram o grande domínio da McLaren e da Honda – que já havia sido campeã com Nelson Piquet na Williams um ano antes – na Fórmula 1.

A diferença é que desta vez o time alemão conquistou três títulos em sequência com a mesma dupla de pilotos, enquanto que Senna e Prost andaram apenas dois anos juntos na McLaren antes de Prost tomar outro rumo indo para a Ferrari após a conquista de seu tri em 1989.

De lá para cá nenhuma equipe havia repetido esta escrita da McLaren.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias