Mercedes repete escrita da McLaren nos anos de Senna e Prost

Pela primeira vez desde os anos 80 time consegue fazer sua dupla de pilotos campeã do mundo na F1

Uma escrita passou despercebida após o título conquistado por Nico Rosberg no GP de Abu Dhabi deste último final de semana. Depois de consolidar ainda mais o domínio da Mercedes na era híbrida da Fórmula 1, o piloto alemão fez sua dupla com Lewis Hamilton se equiparar àquela que é tida como a maior da história da F1.

Tanto Lewis Hamilton quanto Nico Rosberg foram campeões com a Mercedes em anos seguidos. Dois pilotos do mesmo time faturando mundias desta maneira não acontecia desde os anos 80.

A última vez que isso ocorreu foi no biênio 1988-1989 com Ayrton Senna e Alain Prost, que consolidaram o grande domínio da McLaren e da Honda – que já havia sido campeã com Nelson Piquet na Williams um ano antes – na Fórmula 1.

A diferença é que desta vez o time alemão conquistou três títulos em sequência com a mesma dupla de pilotos, enquanto que Senna e Prost andaram apenas dois anos juntos na McLaren antes de Prost tomar outro rumo indo para a Ferrari após a conquista de seu tri em 1989.

De lá para cá nenhuma equipe havia repetido esta escrita da McLaren.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias