Mercedes não negocia com Hamilton antes do fim da temporada

Chefe da equipe afirmou que não há pressa para resolver extensão do contrato do piloto

A Mercedes deve adiar todas as conversas com Lewis Hamilton sobre o prolongamento do contrato com o time até que a batalha pelo campeonato da Fórmula 1 deste ano tenha sido resolvida. O acordo atual da Hamilton com a Mercedes acaba no final de 2018, mas houve quem sugerisse que ele está ansioso para estendê-lo por vários anos depois disso.

Com a Ferrari se comprometendo com Sebastian Vettel até 2020 e a equipe de Maranello observando atentamente a situação de Max Verstappen na Red Bull, é lógico que a Mercedes e Hamilton continuem sua parceria bem sucedida.

O chefe de automobilismo da Mercedes, Toto Wolff, disse que não há pressa para mover as coisas, e quer o foco de sua equipe e seu piloto na batalha pelo campeonato da F1 ao invés dos contratos.

"Nosso relacionamento é muito bom e acho que cada um de nós agradece o que ele tem feito", disse Wolff ao falar sobre a situação de Hamilton.

"Mas este não é um tópico que queremos abordar agora nas corridas restantes da temporada. É um intenso último terço intenso do ano, e vamos cruzar a linha, e então vamos começar uma discussão."

A Mercedes ainda não confirmou que Valtteri Bottas permanecerá com a equipe no ano que vem, mas Wolff disse várias vezes que é o finlandês deverá ser mantido.

O que será mais, intrigante, no entanto, é quanto tempo de contrato a Mercedes pensa dar para Bottas.

Com Daniel Ricciardo potencialmente disponível para 2019 e Verstappen no ano seguinte, espera-se que o mercado de pilotos da F1 seja bastante movimentado nos próximos anos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias