Mercedes surpreende e comanda primeira fila na Espanha

Rosberg faz sua segunda pole seguida; Massa fica a um milésimo de Alonso, mas é punido e larga em nono

As Mercedes conquistaram o hat-trick de poles e largarão na pole position pela terceira vez consecutiva – e com direito a dobradinha, com Nico Rosberg dois décimos mais rápido que o companheiro Lewis Hamilton. Correndo em casa, Fernando Alonso decepcionou, com a quinta colocação, batendo Felipe Massa por apenas um milésimo. O brasileiro, contudo, foi punido com a perda de três posições no grid por atrapalhar uma volta rápida de Mark Webber e larga em nono.

Sebastian Vettel larga em terceiro, à frente de Kimi Raikkonen. Romain Grosjean será o sexto no grid após superar Mark Webber, Sergio Perez e Paul di Resta. O GP da Espanha tem largada às 9h da manhã deste domingo.

Q1

As Mercedes começaram o treino mostrando um bom rendimento, fazendo primeiro e segundo lugares, com os pneus médios. As Red Bull também optaram por usar o composto mais macio deste final de semana na primeira parte da classificação, e Vettel ficou em terceiro, logo à frente de Raikkonen, que vinha para fazer o melhor tempo com pneus duros até ser atrapalhado por Gutierrez, que foi punido pela manobra. Alonso, que também utilizou os duros, ficou em quinto.

A briga para ver quem seria eliminado no Q1 ficou entre Sauber e Williams e a equipe de Grove, um ano após ter Pastor Maldonado largando da pole, ficou com o 18º e 19º lugares. Giedo van de Garde foi o melhor das nanicas, à frente de Jules Bianchi e Max Chilton, enquanto Charles Pic segurou a lanterna.

Q2

Alonso tomou a ponta após a primeira tentativa na segunda parte do treino, com pneus médios, à frente de Raikkonen, Rosberg, Massa e Grosjean. Os cinco não saíram à pista. Usando pneus novos – na primeira tentativa do Q2, a Red Bull utilizara os mesmos pneus do Q1 – Vettel fez o melhor tempo e Webber, o quarto.

Quem correu risco até o final foi Lewis Hamilton, que respondeu com a melhor volta, com seis décimos de diferença para Vettel, com o cronômetro já zerado. A surpresa ficou por conta de Sergio Perez, que fez o sétimo tempo depois de figurar entre o 12º e o 15º lugares por todo o treino.

Assim, sobrou para Daniel Ricciardo, 11º colocado à frente de Jean-Eric Vergne, Adrian Sutil, Jenson Button, Nico Hulkenberg e Esteban Gutierrez.

Q3

Apenas as Lotus, Ferrari e Nico Rosberg, que conseguiram poupar um jogo de pneus no Q2, fizeram duas tentativas na última parte do treino. O alemão da Mercedes fez o melhor tempo, quatro décimos mais rápido que o segundo colocado, Alonso.

Na última tentativa, Rosberg até melhorou sua marca e não foi alcançado por ninguém. Hamilton conseguiu o segundo tempo e Vettel, o terceiro. Raikkonen e Alonso chegaram a melhorar, mas não passaram do quarto e quinto lugares e Massa perdeu para o companheiro por apenas um milésimo.

Grid de Largada – GP da Espanha

1. Nico Rosberg   1min20s718

2. Lewis Hamilton 1min20s972

3. Sebastian Vettel 1min21s054

4. Kimi Raikkonen 1min21s177

5. Fernando Alonso  1min21s218

6. Romain Grosjean 1min21s308

7. Mark Webber 1min21s570

8. Sergio Perez 1min22s069

9. Felipe Massa  1min21s219 - PUNIDO

10. Paul di Resta 1min22s233

11. Daniel Ricciardo 1min22s127

12. Jean-Eric Vergne 1min22s166

13. Adrian Sutil 1min22s346

14. Jenson Button 1min22s355

15. Nico Hulkenberg 1min22s389

16. Valtteri Bottas 1min23s260

17. Pastor Maldonado 1min23s318

18. Giedo Van der Garde 1min24s661

19. Esteban Gutierrez 1min22s793 - PUNIDO

20. Jules Bianchi  1min24s713

21. Max Chilton                1min24s996

22. Charles Pic   1min25s070

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias