Mercedes viola parque fechado e Hamilton larga dos pits

Time substitui peças e parte da unidade motriz do carro do britânico após acidente neste sábado em Interlagos

Lewis Hamilton iniciará o GP do Brasil deste domingo dos boxes após a Mercedes decidir quebrar as regras de parque fechado da FIA para colocar novas peças em seu carro.

O tetracampeão do mundo bateu seu Mercedes ainda durante o Q1 da classificação deste sábado, na subida da Ferradura em Interlagos. Já sendo obrigado a sair de último após não ter marcado tempo, Hamilton teve partes trocadas pela Mercedes para se ajustar a partes "de uma especificação diferente usadas nesta classificação".

A Mercedes diz que também colocará um novo motor no carro 44, o fazendo assim a chegar no quinto motor de combustão interna, quinto MGU-H e quinto turbocompressor neste ano.

A queda de Hamilton no Q1 foi a primeira desde o GP da Bélgica de 2016.

"Eu simplesmente fui pego de surpresa", disse Hamilton sobre o acidente.

"O carro bateu um pouco. Se você olhar no replay, o carro bateu bastante o fundo no chão. Muitas vezes quando ele bate, ele sai do chão, e isso geralmente acontece quando o carro está frio e os pneus estão frios. Esse tipo de coisa acontece.”

"Eu não tinha entrado mais rápido do que antes, ou qualquer coisa assim. Mas é minha culpa e eu devo assumir a total responsabilidade."

Quando perguntado se é mais fácil de lidar com o problema agora que o campeonato já está decidido, Hamilton disse: "é a mesma coisa”.

"É menos doloroso quando o campeonato termina, mas eu ainda sinto. Tenho muito orgulho do meu compromisso e da maneira que guio.”

"Estou começando dos boxes. Não é o mais emocionante, mas só dá para melhorar. Vou tentar dar tudo o que tenho."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pista Interlagos
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias