Mesmo com desentendimento, Di Resta diz que clima é bom na Force India

Escocês teria sido pivô de briga interna após ter ficado no Q1, mas afirma que crítica foi levada "de forma construtiva"

Di Resta no desfile dos pilotos em Montreal

Mesmo largado de 17º, Paul Di Resta conseguiu no fim das contas um ótimo sétimo lugar em Montreal. Mas, segundo o jornal Daily Mail, o escocês não poupou o time ao perder o melhor momento da pista no Q1 do GP do Canadá. O preparador físico do escocês e um mecânico teriam brigado após as críticas de Paul segundo o jornal inglês.

No entanto, Di Resta afirmou que não houve nada demais em sua reação interna. “Foi levado de forma construtiva”, disse. “Todos na equipe sentiram isso da mesma maneira. A pessoa que cometeu o erro se desculpou e estou a apoiando muito agora. Tivemos muito azar de isso acontecer duas semanas seguidas, que foi o que me fez ter raiva.”

“Se cometesse o mesmo erro duas vezes, não ficaria muito feliz, e a equipe começaria a me cobrar com razão. Mas voltamos, nos reagrupamos, mostramos o que podemos fazer e meu relacionamento com a equipe continua bom”, ressaltou.

O piloto exaltou o resultado e diz que se prepara agora para a corrida na Grã-Bretanha, sua casa, em algumas semanas. “Este foi um grande resultado dadas as circunstâncias ruins dos últimos dois GPs. Agora vamos tentar ter três dias bons em Silverstone. Se pudermos fazer o que temos feito, vamos causar um grande impacto.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Paul di Resta
Tipo de artigo Últimas notícias