Mesmo com sombra de Vandoorne na McLaren, Magnussen se diz tranquilo

Piloto da McLaren em 2014, dinamarquês tem confiança em sua capacidade e de que voltará à F-1

Mesmo com uma boa atuação no campeonato do ano passado da Fórmula 1, incluindo um pódio na estreia, no GP da Austrália, Kevin Magnussen foi preterido pela McLaren pelo espanhol Fernando Alonso para temporada de 2015. Ainda no time de Woking, Kevin atualmente é o piloto reserva da escuderia britânica.

Enquanto isso, outro piloto apoiado ativamente pela McLaren, o belga Stoffel Vandoorne, vem fazendo grande campanha na GP2. Líder do campeonato deste ano por 44 pontos após apenas seis corridas, o piloto fez seis poles seguidas na categoria entre o ano passado e este.

No entanto, Magnussen não se preocupa que o desempenho do colega o ofusque internamente.

"Stoffel está fazendo um trabalho muito bom e merece para chegar à Fórmula 1", disse o dinamarquês.

"Eu acho que há algo de errado se ele não chegar à Fórmula 1.”

"Acho que todo mundo é uma ameaça quando você está competindo por um lugar na Fórmula 1. O que se pode fazer sobre isso? Eu só tenho que me concentrar em mim mesmo e não me preocupar com ninguém, porque realmente não posso fazer nada sobre os outros. Não posso vencê-los na pista, então vou ter que confiar na minha experiência.”

"Fui bem na Fórmula 1, tenho experiência e estou trabalhando bem. Já estive no pódio, a McLaren crê em mim. Eles sabem o que posso fazer e o meu potencial. Acredito que tenho um futuro e estou bastante positivo. Então vou dar tudo e aprender o máximo que puder neste ano."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kevin Magnussen , Stoffel Vandoorne
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias