Mesmo com veto, Catar diz estar próximo de receber GP

Barenitas poderiam impedir nova prova no Oriente Médio, mas gigante do petróleo garante estar perto de acordo

O Catar está cada vez mais próximo de sediar uma etapa da Fórmula 1. Os árabes já confirmaram o interesse, mas a assinatura de um contrato depende da desistência do Bahrein de usar seu poder de veto sobre a realização de mais uma corrida no Oriente Médio.

[publicidade] Atualmente, duas corridas são realizadas na região: no Bahrein, em abril, e nos Emirados Árabes, em novembro.

Segundo o chefe da federação de automobilismo do Catar e vice-presidente da Federação Internacional de Automobilismo, Nasser bin Khalifa al-Attiyah, o acordo está próximo. “Estamos prestes a assinar o contrato para organizar uma corrida de Fórmula 1”, garantiu à AFP. “Completamos todos os passos e só há alguns detalhes antes da assinatura oficial.”

Ainda não se sabe se a prova seria realizada no circuito que recebe há alguns anos a MotoGP ou se seria construída uma nova pista.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias