Mesmo demorando para ir à pista, Hamilton lidera dia em Xangai; Massa é 6º

Em treino marcado por acidente de Maldonado na entrada dos pits, Lewis supera Alonso, líder da 1ª sessão, por 0.141s

Começou como terminaram os dois últimos finais de semana da Fórmula 1 em 2014. O britânico Lewis Hamilton liderou a segunda sessão de treinos livres de hoje em Xangai com o tempo de 1:38.315s, o mais rápido do dia. O campeão de 2008 entrou na pista apenas pouco antes da primeira meia hora de treino ser concluída, mas foi rápido para tomar a ponta do espanhol Fernando Alonso, líder até então.

Mais veloz na primeira sessão, o espanhol desta vez foi superado pelo piloto do carro #44 por 0.141s. No entanto, o bicampeão da Ferrari, time que corre neste GP sob nova direção, superou Nico Rosberg por 0.270s, garantindo o segundo lugar.

Logo depois do Top 3 vieram os dois carros da Red Bull, mais uma vez com o australiano Daniel Ricciardo liderando Sebastian Vettel, que ficou com o quinto lugar.

Felipe Massa fez boa sessão, chegando a liderar o treino. Mas acabou sendo ultrapassado e ficou apenas com o sexto posto, a 0.803s do inglês Lewis Hamilton. Massa inclusive foi o último que ficou no mesmo segundo do piloto da Mercedes. A partir de Kimi Räikkönen, sétimo, após não ter registrado tempo de manhã, todos os pilotos já levavam um segundo do primeiro.

A sessão marcou as voltas de Valtteri Bottas (14º) e Adrian Sutil (17º), depois de terem de ceder seus carros a Felipe Nasr e Giedo van der Garde na primeira sessão pela manhã. O alemão chegou a ter problemas com seu freio dianteiro esquerdo, que acabou pegando fogo no fim do da sessão. Pastor Maldonado (18º) da Lotus acabou batendo na entrada dos boxes durante o treino, e teve de abandonar a sessão.

Nos dez primeiros minutos, Daniil Kvyat foi o destaque do treino, anotando já em sua primeira passagem o tempo de 1:42.279s. Magnussen era o segundo a 0.104s, com Jean-Éric Vergne na terceira posição. Poucos minutos depois, Button subiu para terceiro.

Com 15 minutos de treino, foi a vez das Red Bulls entrarem na pista. Vettel rodou sua primeira volta lançada em 1:41.087s. Mas a marca durou pouco, até que Massa fez 1:40.788s e liderou por instantes o treino. Porém o brasileiro logo teve a ponta tirada por Rosberg, Ricciardo e Alonso, mais rápido na primeira sessão. Aos 20 minutos, Kimi Räikkönen saiu dos pits e registrou seu primeiro tempo do fim de semana, apenas em 15º lugar.

No 25º minuto, Maldonado foi o primeiro piloto a colocar os pneus macios, virando 1:40.455s, marcando o quarto tempo. Os mais rápidos eram Alonso, Rosberg, Ricciardo, Maldonado e Felipe Massa em quinto. Apenas Hamilton dos 22 pilotos não havia entrado. Passada meia hora de treino, Maldonado errou a entrada dos pits e bateu após passar pela caixa de brita. O venezuelano teve de abandonar o treino.

Rosberg foi o primeiro a virar na casa de 1:38s, já com os pneus macios. Seu tempo era 1:38.726s, e ele já colocava 0.525s em Alonso. Pérez era o terceiro, com Ricciardo em quarto e Maldonado em quinto. Hamilton, que havia feito apenas uma tentativa de médios, era o sexto.

Com o resto do grid de pneus macios, os tempos começaram a baixar. Alonso voltou para primeiro com 1:38.456s, que foi superado por 0.141s por Lewis Hamilton no 48º minuto do treino. Em terceiro vinha Rosberg, seguido das Red Bulls de Ricciardo e Vettel, e Massa no sexto posto. Apenas o Top 6 estava no mesmo segundo.

A partir daí começaram os tradicionais stints longos, nos quais os pilotos dão várias voltas na pista com os tanques cheios, o que impede a melhora dos tempos até o fim da hora e meia de treinamento. O único destaque do fim de treino foi o fogo no disco de freio dianteiro esquerdo da Sauber de Adrian Sutil.

Amanhã o terceiro treino livre, com uma hora de duração, começa à 0h no horário de Brasília.

Confira o resultado do segundo treino livre:

1. Lewis Hamilton (Mercedes)  1:38.315s (25 Voltas)
2. Fernando Alonso (Ferrari)  1:38.456s  +0.141s  (28)
3. Nico Rosberg (Mercedes)  1:38.726s  +0.411s  (30)
4. Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault)  1:38.811s  +0.496s  (30)
5. Sebastian Vettel (Red Bull-Renault)  1:39.015s  +0.700s  (31)
6. Felipe Massa (Williams-Mercedes)  1:39.118s  +0.803s  (25)
7. Kimi Raikkonen (Ferrari)  1:39.283s  +0.968s  (25)
8. Jenson Button (McLaren-Mercedes)  1:39.491s  +1.176s  (29)
9. Romain Grosjean (Lotus-Renault)  1:39.537s  +1.222s  (36)
10. Daniil Kvyat (Toro Rosso-Renault)  1:39.648s  +1.333s  (26)
11. Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes)  1:39.736s  +1.421s  (30)
12. Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes)  1:39.744s  +1.429s  (29)
13. Jean-Eric Vergne (Toro Rosso-Renault)  1:39.759s  +1.444s  (28)
14. Valtteri Bottas (Williams-Mercedes)  1:39.830s  +1.515s  (25)
15. Sergio Perez (Force India-Mercedes)  1:40.124s  +1.809s  (32)
16. Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari)  1:40.359s  +2.044s  (32)
17. Adrian Sutil (Sauber-Ferrari)  1:40.395s  +2.080s  (30)
18. Pastor Maldonado (Lotus-Renault)  1:40.455s  +2.140s  (12)
19. Jules Bianchi (Marussia-Ferrari)  1:42.327s  +4.012s  (27)
20. Max Chilton (Marussia-Ferrari)  1:43.473s  +5.158s  (30)
21. Kamui Kobayashi (Caterham-Renault)  1:43.530s  +5.215s  (32)
22. Marcus Ericsson (Caterham-Renault)  1:43.679s  +5.364s  (32)
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias