Mesmo demorando para ir à pista, Hamilton lidera dia em Xangai; Massa é 6º

compartilhar
comentários
Mesmo demorando para ir à pista, Hamilton lidera dia em Xangai; Massa é 6º
Por: Gabriel Lima
18 de abr de 2014 04:36

Em treino marcado por acidente de Maldonado na entrada dos pits, Lewis supera Alonso, líder da 1ª sessão, por 0.141s

Começou como terminaram os dois últimos finais de semana da Fórmula 1 em 2014. O britânico Lewis Hamilton liderou a segunda sessão de treinos livres de hoje em Xangai com o tempo de 1:38.315s, o mais rápido do dia. O campeão de 2008 entrou na pista apenas pouco antes da primeira meia hora de treino ser concluída, mas foi rápido para tomar a ponta do espanhol Fernando Alonso, líder até então.

Mais veloz na primeira sessão, o espanhol desta vez foi superado pelo piloto do carro #44 por 0.141s. No entanto, o bicampeão da Ferrari, time que corre neste GP sob nova direção, superou Nico Rosberg por 0.270s, garantindo o segundo lugar.

Logo depois do Top 3 vieram os dois carros da Red Bull, mais uma vez com o australiano Daniel Ricciardo liderando Sebastian Vettel, que ficou com o quinto lugar.

Felipe Massa fez boa sessão, chegando a liderar o treino. Mas acabou sendo ultrapassado e ficou apenas com o sexto posto, a 0.803s do inglês Lewis Hamilton. Massa inclusive foi o último que ficou no mesmo segundo do piloto da Mercedes. A partir de Kimi Räikkönen, sétimo, após não ter registrado tempo de manhã, todos os pilotos já levavam um segundo do primeiro.

A sessão marcou as voltas de Valtteri Bottas (14º) e Adrian Sutil (17º), depois de terem de ceder seus carros a Felipe Nasr e Giedo van der Garde na primeira sessão pela manhã. O alemão chegou a ter problemas com seu freio dianteiro esquerdo, que acabou pegando fogo no fim do da sessão. Pastor Maldonado (18º) da Lotus acabou batendo na entrada dos boxes durante o treino, e teve de abandonar a sessão.

Nos dez primeiros minutos, Daniil Kvyat foi o destaque do treino, anotando já em sua primeira passagem o tempo de 1:42.279s. Magnussen era o segundo a 0.104s, com Jean-Éric Vergne na terceira posição. Poucos minutos depois, Button subiu para terceiro.

Com 15 minutos de treino, foi a vez das Red Bulls entrarem na pista. Vettel rodou sua primeira volta lançada em 1:41.087s. Mas a marca durou pouco, até que Massa fez 1:40.788s e liderou por instantes o treino. Porém o brasileiro logo teve a ponta tirada por Rosberg, Ricciardo e Alonso, mais rápido na primeira sessão. Aos 20 minutos, Kimi Räikkönen saiu dos pits e registrou seu primeiro tempo do fim de semana, apenas em 15º lugar.

No 25º minuto, Maldonado foi o primeiro piloto a colocar os pneus macios, virando 1:40.455s, marcando o quarto tempo. Os mais rápidos eram Alonso, Rosberg, Ricciardo, Maldonado e Felipe Massa em quinto. Apenas Hamilton dos 22 pilotos não havia entrado. Passada meia hora de treino, Maldonado errou a entrada dos pits e bateu após passar pela caixa de brita. O venezuelano teve de abandonar o treino.

Rosberg foi o primeiro a virar na casa de 1:38s, já com os pneus macios. Seu tempo era 1:38.726s, e ele já colocava 0.525s em Alonso. Pérez era o terceiro, com Ricciardo em quarto e Maldonado em quinto. Hamilton, que havia feito apenas uma tentativa de médios, era o sexto.

Com o resto do grid de pneus macios, os tempos começaram a baixar. Alonso voltou para primeiro com 1:38.456s, que foi superado por 0.141s por Lewis Hamilton no 48º minuto do treino. Em terceiro vinha Rosberg, seguido das Red Bulls de Ricciardo e Vettel, e Massa no sexto posto. Apenas o Top 6 estava no mesmo segundo.

A partir daí começaram os tradicionais stints longos, nos quais os pilotos dão várias voltas na pista com os tanques cheios, o que impede a melhora dos tempos até o fim da hora e meia de treinamento. O único destaque do fim de treino foi o fogo no disco de freio dianteiro esquerdo da Sauber de Adrian Sutil.

Amanhã o terceiro treino livre, com uma hora de duração, começa à 0h no horário de Brasília.

Confira o resultado do segundo treino livre:

1. Lewis Hamilton (Mercedes)  1:38.315s (25 Voltas)
2. Fernando Alonso (Ferrari)  1:38.456s  +0.141s  (28)
3. Nico Rosberg (Mercedes)  1:38.726s  +0.411s  (30)
4. Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault)  1:38.811s  +0.496s  (30)
5. Sebastian Vettel (Red Bull-Renault)  1:39.015s  +0.700s  (31)
6. Felipe Massa (Williams-Mercedes)  1:39.118s  +0.803s  (25)
7. Kimi Raikkonen (Ferrari)  1:39.283s  +0.968s  (25)
8. Jenson Button (McLaren-Mercedes)  1:39.491s  +1.176s  (29)
9. Romain Grosjean (Lotus-Renault)  1:39.537s  +1.222s  (36)
10. Daniil Kvyat (Toro Rosso-Renault)  1:39.648s  +1.333s  (26)
11. Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes)  1:39.736s  +1.421s  (30)
12. Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes)  1:39.744s  +1.429s  (29)
13. Jean-Eric Vergne (Toro Rosso-Renault)  1:39.759s  +1.444s  (28)
14. Valtteri Bottas (Williams-Mercedes)  1:39.830s  +1.515s  (25)
15. Sergio Perez (Force India-Mercedes)  1:40.124s  +1.809s  (32)
16. Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari)  1:40.359s  +2.044s  (32)
17. Adrian Sutil (Sauber-Ferrari)  1:40.395s  +2.080s  (30)
18. Pastor Maldonado (Lotus-Renault)  1:40.455s  +2.140s  (12)
19. Jules Bianchi (Marussia-Ferrari)  1:42.327s  +4.012s  (27)
20. Max Chilton (Marussia-Ferrari)  1:43.473s  +5.158s  (30)
21. Kamui Kobayashi (Caterham-Renault)  1:43.530s  +5.215s  (32)
22. Marcus Ericsson (Caterham-Renault)  1:43.679s  +5.364s  (32)
Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso surpreende e lidera a primeira sessão de treinos livres na China

Previous article

Alonso surpreende e lidera a primeira sessão de treinos livres na China

Next article

Dupla da Mercedes se surpreende com crescimento da Ferrari

Dupla da Mercedes se surpreende com crescimento da Ferrari
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias