Mesmo oitavo, Hamilton se anima com ritmo de Button

Inglês revela que teve de tirar o pé em volta mais rápida e acredita que McLaren está próxima da Red Bull

Hamilton foi o oitavo ao final da sexta-feira em Suzuka

Mesmo sendo apenas o oitavo nos primeiros treinos livres para o GP do Japão, Lewis Hamilton não se mostrou preocupado para o restante do final de semana. O inglês se animou com o ritmo mostrado pelo companheiro Jenson Button e espera que essa seja a tônica para a McLaren em Suzuka.

“Acho que temos a chance de ser muito competitivos e nosso ritmo em uma volta lançada parece ser muito bom também. Mas o grande desafio será cuidar dos pneus durante a corrida. Não sei quanto o pneu macio vai durar, porque fiz umas cinco ou sete voltas, mas a degradação é um problema para nós – não um enorme problema, acho que é o mesmo para todos.”

Um dos motivos para a falta de preocupação do piloto é o fato de não ter tirado tudo do carro em sua volta mais rápida da sessão.

“Não foi onde Rubens escapou [que tirei o pé], foi na curva 14 porque Liuzzi estava estacionado no canto esquerdo da pista e fui cuidadoso, como acho que todos os outros. Mas não usei Kers, nem DRS, então não devo ter problemas.”

Em relação ao ritmo de corrida, ainda que a Red Bull tenha se mostrado mais rápida, Hamilton observa que, durante o ano, Vettel e Webber saíram mais leves em seus ensaios.

“Acho que a Red Bull sempre trabalha com muito menos combustível do que nós durante os long runs, porque estão sempre cerca de um segundo na frente – e, quando chegamos na corrida, estamos muito mais próximos. Então acho que, particularmente com Jenson, tivemos um bom ritmo.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias