Mesmo rápido, Ricciardo relata dificuldade de guiar carro

Mesmo com a quinta posição, piloto da Red Bull conseguiu quebrar recorde da pista, mas admite que esteve perto de erro que poderia comprometer ainda mais sua corrida

Lewis Hailton foi soberano neste domingo, no GP da Espanha e durante boa parte da prova o piloto da Mercedes não só fazia as voltas mais rápidas da prova, mas quebrava o recorde da pista. Mas a certa altura, outro personagem entrava em cena com uma sequência de quebra de recordes, finalizando com 1min18s441.

Mas como ter um ritmo desses e finalizar em quinto lugar? Segundo Ricciardo, quem via suas marcas, não percebia como ele lutava com o carro nos giros que ele não cravava novo recorde.

"Estava um pouco complicado de guiar", admitiu Ricciardo à Sky Sports. "Eu era rápido quando conseguia juntar tudo, mas era fácil cometer erros, uma faca de dois gumes. Se você tivesse sorte, você poderia fazer uma grande volta, mas em outras quatro eu não tinha aderência e lutava para ficar na pista."

"No reinício após o Safety Car virtual, eu tinha dificuldades para manter esses pneus [médios] aquecidos." 

"Felizmente não havia muros, como Grosjean encontrou em Baku, mas me colocou em terra de ninguém."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Sub-evento Domingo - Corrida
Pista Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias