Mesmo sem calor, Grosjean espera ir bem em Silverstone

A Lotus costuma se dar melhor quando o asfalto esquenta, mas o francês acredita na adaptação do E20 ao traçado britânico

Grosjean é sétimo no Mundial

Depois de conseguir dois segundos lugares em corridas disputadas com o asfalto quente, condição em que aparece como favorita, a Lotus vai para o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, com a missão de manter o bom momento. No entanto, as temperaturas encontradas na Inglaterra devem estar bem abaixo do que no último GP, na ensolarada Valência. Para Romain Grosjean, ao menos ao traçado o E20 deve se adaptar bem.

“Gostamos de circuitos de alta”, garantiu ao TotalRace. “O carro é muito bom neste tipo de pista, já vimos isto desde o início do ano. Então é um bom sinal. Temos de fazer o E20 funcionar se estiver frio ou calor. Estaremos mais fortes lá.”

O francês, sétimo colocado no campeonato, com 53 pontos, revelou que, durante o final de semana no GP da Europa, a equipe avançou para tornar o carro competitivo em todas as situações.

“Trabalhamos para ter um carro melhor. A fábrica está fazendo um grande trabalho para nos dar mais peças e veremos se poderemos usá-las em Silverstone. As condições podem ser um pouco diferentes, mas estamos trabalhando. Descobrimos algumas coisas neste final de semana e há muitas coisas que traremos conosco para as próximas corridas.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias