Mesmo sem vencer há três provas, Vettel aumenta sua liderança

compartilhar
comentários
Mesmo sem vencer há três provas, Vettel aumenta sua liderança
Por: Julianne Cerasoli
1 de ago de 2011 10:09

Série de bons resultados e pilotos diferentes no lugar mais alto do pódio ajudam o alemão a ficar tranquilo na ponta

Mesmo sem vencer, Vettel aumentou sua vantagem na liderança do campeonato

Um carro rápido nas mãos de um piloto competente são ingredientes essenciais para fazer um campeão do mundo. Porém, como Sebastian Vettel já mostrou no ano passado, é preciso uma certa dose de sorte para maximizar os resultados mesmo quando tudo não sai como planejado.

Apesar de não vencer nas últimas três provas da temporada, o piloto da Red Bull  seguiu tendo bons resultados e, inclusive, aumentou sua liderança em relação ao segundo colocado na tabela, Mark Webber. Isso, porque cada uma de suas três “derrotas” foi vencida por pilotos diferentes. Seria a sorte de campeão?

“Acho que cada um faz a sua trajetória. Não acredito em sorte ou azar. Acho que as coisas acontecem por um motivo. Foi uma corrida dura, era fácil tomar uma decisão errada. Acho que todos estiveram muito próximos de colocar pneus intermediários. Lewis fez isso e, se tivesse só um pouco mais de chuva, ele seria o único que teria feito isso e todos estaríamos o chamando de gênio. Ele teve azar, mas foi muito difícil fazer a escolha certa.”

Vettel conquistou dois segundos e um quarto lugar nas últimas três corridas. Com a vantagem de 85 pontos que tem para Mark Webber, 88 para Lewis Hamilton e 89 para Fernando Alonso – que, mesmo tendo sido o piloto que mais pontuou nas últimas provas, tirou apenas 10 pontos da diferença em relação ao líder de Valência para cá – poderia estender suas férias de agosto até o início de outubro, reaparecer no GP do Japão e, mesmo que um mesmo piloto tivesse ganho as três etapas até ali, ainda seria o líder. Mesmo assim, não dá sinais de que queira só administrar a distância.

“Temos tido boas corridas, mas queremos vencer. Na Hungria, fomos segundo, o que não é exatamente o que queremos. As McLaren estão rápidas, mas não imbatíveis. Por isso, não estamos completamente felizes com o segundo lugar: havia uma chance de estar à frente. Poderíamos ter sido mais espertos aqui e ali.” 

Próxima Fórmula 1 matéria
Whitmarsh elogia luta entre companheiros e defende estratégia

Previous article

Whitmarsh elogia luta entre companheiros e defende estratégia

Next article

Jenson Button afirma que venceria mesmo sem a chuva

Jenson Button afirma que venceria mesmo sem a chuva

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Sebastian Vettel Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias