Mesmo tendo ficado para trás, Renault apoia motores turbo

compartilhar
comentários
Mesmo tendo ficado para trás, Renault apoia motores turbo
Por: Julianne Cerasoli
29 de dez de 2014 14:11

Franceses acreditam que a utilização de energias renováveis na Fórmula 1 é importante para o mercado de carros de rua

Após o domínio da Mercedes na primeira temporada dos motores turbo V6 híbridos na Fórmula 1, as críticas, especialmente do promotor da categoria, Bernie Ecclestone, a respeito da tecnologia colocam em dúvida sua continuidade. O inglês quer a volta de motores mais potentes e que tenham um barulho mais marcante do que as unidades utilizadas neste ano.

[publicidade] Porém, mesmo sendo a fornecedora que mais sofreu em 2014, a Renault reiterou seu apoio à novidade, importante para a estratégia da marca no mercado de carros de rua.

“A tecnologia sustentável é um fator chave para a estratégia de desenvolvimento dos carros de rua da Renault”, explicou Cyril Abiteboul, chefe da divisão esportiva da Renault. “A eficiência está no coração deste dilema. Como podemos obter mais de cada litro de combustível ou joule de energia comprometendo o mínimo possível a experiência geral?”

Esse ponto é diretamente trabalho pelo novo regulamento da Fórmula 1, focado na redução de mais de 30% do consumo de combustível e no uso de energias renováveis.

“Primeiramente, o regulamento atual da Fórmula 1 permite que investiguemos soluções altamente avançadas nessa direção, de forma que poderemos transferir esse conhecimento para os carros de rua no futuro. Em segundo lugar, a Fórmula 1 é uma fantástica máquina de marketing de promoção destas tecnologias a fim de acelerar sua aceitação entre os consumidores, mostrando que essas novas tecnologias não excluem o alto rendimento”, argumentou.
Próxima Fórmula 1 matéria
Chefe de Felipe Nasr diz que Sauber tem condições de melhorar

Previous article

Chefe de Felipe Nasr diz que Sauber tem condições de melhorar

Next article

"Esqueceram que eu bati Kimi Raikkonen", reclama Grosjean

"Esqueceram que eu bati Kimi Raikkonen", reclama Grosjean
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias