Meta é se aproximar da Mercedes, diz Sebastian Vettel

Em nova equipe, tetracampeão está feliz com o carro e quer incomodar a Mercedes, atual campeã

Sebastian Vettel não esconde a ansiedade de estrear pela Ferrari em uma prova oficial. Após uma pré-temporada bem positiva pela equipe italiana, o alemão não pretende traçar metas, mas quer incomodar a Mercedes.

[publicidade]Em entrevista para o site oficial da Fórmula 1, o tetracampeão comenta vários assuntos, entre eles de como é ser piloto da Ferrari. Como de costume, Vettel sempre apelida os carros que ele corre com um nome feminino, e o nome escolhido para essa temporada é “Eva”, o piloto explica a escolha: “ é meu primeiro ano com a Ferrari. Mas a dimensão engraçada, pois o sobrenome do meu engenheiro de corrida é Adami isso ajudou para que a escolha fosse Eva. Tivemos uma boa risada na reunião, onde decidimos o nome”, disse.

Perguntado sobre o que ele espera com a estreia da “Eva”, Vettel prefere esperar ser cauteloso:”Acho que tivemos um bom inverno, e minha intuição concorda com isso. É claro que ainda há trabalho pela frente e nós não são claramente os favoritos aqui. Eu não quero me envolver nesse tipo de especulação. Apenas uma coisa é clara: quanto mais para a frente, o melhor”, opina.

Sobre os objetivos da temporada, espera que a Ferrari seja competitiva, quer se aproximar do pelotão da frente, mas ainda acha que a Mercedes é favorita: “a Mercedes foi o ponto de referência absoluto na temporada. Meu palpite é que eles ainda estão um passo a frente. Vai ser interessante ver que tipo de hierarquia veremos no domingo”, finaliza.

Sebastian Vettel terá como seu companheiro de equipe na Ferrari o também veterano Kimi Raikkonen, que já sabe como é ser campeão pela escuderia italiana.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias