Milionários de origem indiana se colocam como 'salvadores' da Marussia

Baljinder Sohi e Sonny Kaushal, dois irmãos ingleses que fizeram fortuna na indústria do aço, podem comprar a equipe

Marussia pode ser adquirida por novos donos
Primeiro, a Caterham. Em seguida, a Marussia. A Fórmula 1 estará desfalcada de duas escuderias no Grande Prêmio dos Estados Unidos, marcado para o dia 2 de novembro. Enquanto a equipe de origem malaia segue cega em relação ao futuro, o time anglo-russo recebeu uma alento: o interesse de dois grandes investidores britânicos.
 
[publicidade] De origem indiana, Baljinder Sohi e Sonny Kaushal acumularam a fortuna com a indústria do aço e realizaram um oferta de última hora para comprar a Marussia. O valor, segundo o jornal inglês ‘The Telegraph’ é de aproximadamente R$ 219 milhões.
 
Segundo Sohi, a Marussia foi quem procurou a dupla para fazer a negociação. O milionário diz que um valor de quase R$ 40 milhões ainda trava o fechamento do acordo, que, segundo os ingleses de origem indiana, está próximo de ser finalizado.
 
“Estamos muito próximos de um acordo, mas tem de ser o preço certo. Nós fizemos uma oferta séria e vamos ver o que acontece”, afirmou Baljinder Sohi ao jornal.
 
A Marussia, até aqui, não respondeu sobre o interesse. A equipe, por conta de problemas financeiros, desfalcará o grid da Fórmula 1 no Grande Prêmio dos Estados Unidos, neste final de semana. 
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias