Vai deixar saudade? Lances que fizeram história na Malásia

O GP da Malásia de F1 agora é coisa do passado. Relembre alguns momentos importantes que a prova viu nesses 19 anos de história

1999: Schumacher retorna em grande estilo

1999: Schumacher retorna em grande estilo
1/11

Afastado das pistas por três meses após quebrar a perna em um acidente em Silverstone, Schumacher voltou com tudo. Na primeira edição do GP da Malásia, o alemão conquistou a pole position com quase 1s de vantagem para o resto. Na corrida, ajudou Eddie Irvine, que lutava pelo título contra Mika Hakkinen, a vencer.

Photo by: LAT Images

2001: Polêmicas em meio à tempestade

2001: Polêmicas em meio à tempestade
2/11

Jogado ao início do calendário, o GP da Malásia pregou peças nos pilotos com seu clima instável. A chuva pesada que caiu no início da prova fez com que as duas Ferrari saíssem da pista de forma simultânea, o que exigiu corridas de recuperação de Schumacher e Barrichello com os pneus intermediários. Além disso, o brasileiro se incomodou com uma manobra de ultrapassagem do companheiro, o que deixou o clima pesado em Maranello.

2003: Primeiras conquistas dos futuros campeões

2003: Primeiras conquistas dos futuros campeões
3/11

Sob um intenso calor, duas das estrelas em ascensão da F1 obtiveram seus primeiros grandes feitos. No sábado, Alonso anotou de forma surpreendente sua primeira pole position, um dia antes de Raikkonen conquistar sua vitória inaugural na categoria.

2007: Falsas impressões após dobradinha impecável da McLaren

2007: Falsas impressões após dobradinha impecável da McLaren
4/11

Quem assistiu ao GP da Malásia de 2007 dificilmente imaginaria o que viria a acontecer na batalha interna da McLaren. Alonso venceu pela primeira vez com a equipe, tendo Hamilton ao seu lado no pódio – o inglês fez corrida impecável ao resistir aos ataques de Massa no início. Foi um dos poucos momentos de paz do time no ano.

Photo by: XPB Images

2008: Pontos que custaram caro

2008: Pontos que custaram caro
5/11

A Ferrari parecia caminhar tranquilamente rumo à dobradinha em Sepang. No entanto, Massa, que estava em segundo, abandonou a prova de forma repentina ao rodar e ficar preso à caixa de brita. Na ocasião, o brasileiro disse ter tido “uma sensação estranha”, embora nada de incomum tenha sido detectado em seu carro. Os pontos perdidos certamente custaram caro na luta pelo título.

Photo by: XPB Images

2009: Corrida pela metade em Sepang

2009: Corrida pela metade em Sepang
6/11

Pela primeira vez realizada no fim da tarde (às 17h locais), a corrida malaia teve suas ações seriamente comprometidas pelo mau tempo. A prova foi interrompida de vez após pouco mais de 30 voltas, o que fez com que apenas metade dos pontos fossem distribuídos. No fim, vitória de Button, enquanto que Raikkonen chamou atenção ao aparecer tomando sorvete em meio à indecisão a respeito do que aconteceria com a prova.

Photo by: XPB Images

2012: Chuva bagunça tudo

2012: Chuva bagunça tudo
7/11

Novamente a chuva dá as caras em Sepang, o que permitiu uma mudança mais considerável na relação de forças. Pérez brilha e quase dá primeira vitória à Sauber, mas, no fim, Alonso vence pela primeira vez no ano – em atuação não menos impressionante.

Photo by: XPB Images

2013: O caso “Multi-21”

2013: O caso “Multi-21”
8/11

A Red Bul parecia tranquila rumo a uma dobradinha em Sepang, com Webber à frente de Vettel. Contudo, a tensão tomou conta da equipe com o ataque do alemão nas voltas finais. Após a prova, o australiano repetia ao colega a expressão “Multi-21”, ou seja, um código transmitido pela equipe que pedia que o carro de número 2 (de Webber) ficasse à frente do 1 (de Vettel), o que foi desrespeitado pelo alemão.

Photo by: XPB Images

2015: Estratégia funciona e Ferrari surpreende Mercedes

2015: Estratégia funciona e Ferrari surpreende Mercedes
9/11

Depois do domínio da Mercedes visto no GP da Austrália, abertura da temporada de 2015, a expectativa era de mais um massacre em Sepang. Porém, a Ferrari tirou proveito de um safety car para fazer uma estratégia diferente no carro de Vettel, o que rendeu uma inesperada vitória.

Photo by: XPB Images

2016: Na corrida das reviravoltas, vitória da Red Bull

2016: Na corrida das reviravoltas, vitória da Red Bull
10/11

Os rumos do campeonato mudavam a todo momento no GP da Malásia em 2016. Rosberg se enroscou na largada e Hamilton parecia destinado a vencer para assumir a liderança da tabela, mas, a 16 voltas do fim, o inglês sofreu uma quebra dramática no motor. Ricciardo venceu após levar a melhor em duelo com Verstappen, enquanto que Rosberg, terceiro, ficou próximo da taça.

Photo by: XPB Images

2017: O "canto do cisne"

2017: O "canto do cisne"
11/11

A despedida de Sepang teve uma prova movimentada. Vettel largou em último e escalou o pelotão para terminar em quarto; na ponta, Verstappen dominou e ultrapassou Hamilton para vencer pela segunda vez na F1.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pista Sepang International Circuit
Tipo de artigo Conteúdo especial