Monótono? Mônaco acumula GPs criticados na última década

O GP de Mônaco de 2018 fez com que muitos pilotos criticassem as características da pista de Monte Carlo. É para tudo isso mesmo? Relembre, então, como foram as principais provas da última década

A dificuldade para ultrapassagens ficou em evidência no GP de Mônaco de 2018. Vários pilotos de destaque não esconderam sua frustração após a prova.

A dificuldade para ultrapassagens ficou em evidência no GP de Mônaco de 2018. Vários pilotos de destaque não esconderam sua frustração após a prova.
1/14

Sebastian Vettel terminou em segundo mesmo com Daniel Ricciardo visivelmente com problemas mecânicos. O alemão simplesmente não conseguiu fazer o ataque pela liderança.

Sebastian Vettel terminou em segundo mesmo com Daniel Ricciardo visivelmente com problemas mecânicos. O alemão simplesmente não conseguiu fazer o ataque pela liderança.
2/14

Fernando Alonso criticou: “Provavelmente, a corrida mais entediante da história da F1. Então, acho que precisamos dar algo aos fãs no fim da corrida só para compensar os ingressos um pouco.”

Fernando Alonso criticou: “Provavelmente, a corrida mais entediante da história da F1. Então, acho que precisamos dar algo aos fãs no fim da corrida só para compensar os ingressos um pouco.”
3/14

Lewis Hamilton acompanhou: “Talvez precisemos de duas corridas aqui. Quem sabe? Foram as 78 voltas mais longas de todas. Foi muito longo.”

Lewis Hamilton acompanhou: “Talvez precisemos de duas corridas aqui. Quem sabe? Foram as 78 voltas mais longas de todas. Foi muito longo.”
4/14

As mesmas críticas foram vistas em 2017, quando os carros mais largos expuseram a dificuldade para ultrapassar. Vettel venceu depois de superar Raikkonen na estratégia de box.

As mesmas críticas foram vistas em 2017, quando os carros mais largos expuseram a dificuldade para ultrapassar. Vettel venceu depois de superar Raikkonen na estratégia de box.
5/14

Em 2016, a chuva deu uma bagunçada nas coisas. A prova foi movimentada e permitiu que Hamilton, que largou em terceiro, saltasse para a ponta depois de um erro de pitstop da Red Bull.

Em 2016, a chuva deu uma bagunçada nas coisas. A prova foi movimentada e permitiu que Hamilton, que largou em terceiro, saltasse para a ponta depois de um erro de pitstop da Red Bull.
6/14

2015, no seco, a corrida teve um pouco menos de disputas, e Hamilton foi pego no contrapé com um erro: fez um pitstop no fim, retornou em terceiro e, mesmo com pneus mais novos, não conseguiu superar Vettel e Rosberg.

2015, no seco, a corrida teve um pouco menos de disputas, e Hamilton foi pego no contrapé com um erro: fez um pitstop no fim, retornou em terceiro e, mesmo com pneus mais novos, não conseguiu superar Vettel e Rosberg.
7/14

O ano de 2014 também não teve muita movimentação na parte da frente, já que Rosberg liderou Hamilton do começo ao fim da disputa.

O ano de 2014 também não teve muita movimentação na parte da frente, já que Rosberg liderou Hamilton do começo ao fim da disputa.
8/14

Em 2013, a Mercedes obteve sua primeira vitória no principado em sua passagem recente pela F1. Rosberg, o pole, controlou a prova sem ameaças, enquanto que Hamilton perdeu posições no box e chegou em quarto.

Em 2013, a Mercedes obteve sua primeira vitória no principado em sua passagem recente pela F1. Rosberg, o pole, controlou a prova sem ameaças, enquanto que Hamilton perdeu posições no box e chegou em quarto.
9/14

2012 viu Webber controlar Rosberg do começo ao fim. O pódio teve uma mudança no terceiro lugar, já que Hamilton, que largou naquela posição, foi superado apenas na estratégia por Alonso e Vettel.

2012 viu Webber controlar Rosberg do começo ao fim. O pódio teve uma mudança no terceiro lugar, já que Hamilton, que largou naquela posição, foi superado apenas na estratégia por Alonso e Vettel.
10/14

A prova de 2011 tinha tudo para ficar movimentada no fim, mas uma troca de pneus durante uma bandeira vermelha deixou Vettel confortável para vencer. Hamilton, que largou em nono, foi responsável por grande parte das disputas roda a roda da prova.

A prova de 2011 tinha tudo para ficar movimentada no fim, mas uma troca de pneus durante uma bandeira vermelha deixou Vettel confortável para vencer. Hamilton, que largou em nono, foi responsável por grande parte das disputas roda a roda da prova.
11/14

Outra prova relativamente parada na ponta em 2010, com Webber largando da pole e vencendo. Quem movimentou as ações foi Alonso, que largou do fundo e escalou o pelotão para ser sexto.

Outra prova relativamente parada na ponta em 2010, com Webber largando da pole e vencendo. Quem movimentou as ações foi Alonso, que largou do fundo e escalou o pelotão para ser sexto.
12/14

Mais uma atuação de domínio em 2009: Button liderou da largada à bandeirada, perdendo a ponta somente durante seus pitstops. Barrichello e Raikkonen, que largaram logo atrás, completando o pódio. Foi uma das raras provas em Mônaco sem safety car.

Mais uma atuação de domínio em 2009: Button liderou da largada à bandeirada, perdendo a ponta somente durante seus pitstops. Barrichello e Raikkonen, que largaram logo atrás, completando o pódio. Foi uma das raras provas em Mônaco sem safety car.
13/14

Mas a prova mais movimentada de Mônaco na década veio em 2008. Com chuva, a prova teve acidentes, ultrapassagens, reviravoltas e alternância na luta pelas primeiras posições. Hamilton sobreviveu à disputa e venceu, com Kubica e Massa completando o pódio.

Mas a prova mais movimentada de Mônaco na década veio em 2008. Com chuva, a prova teve acidentes, ultrapassagens, reviravoltas e alternância na luta pelas primeiras posições. Hamilton sobreviveu à disputa e venceu, com Kubica e Massa completando o pódio.
14/14

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias