Montezemolo: não vetei pontuação dobrada porque não era importante

compartilhar
comentários
Montezemolo: não vetei pontuação dobrada porque não era importante
Por: Julianne Cerasoli
20 de dez de 2013 10:54

Ferrari tinha o poder para barrar mudança de regulamento para a última prova, mas decidiu não se manifestar

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, criticou a regra que dobra a pontuação da última etapa do campeonato a partir do ano que vem e abriu a possibilidade para que a novidade seja abandonada já em 2015.

“A regra não me entusiasma porque parece muito artificial”, afirmou o italiano. “Veremos.”

Perguntado se a novidade pode ser abandonada devido à reação pública negativa, Montezemolo admitiu que não sabe. “Não me surpreenderei se, depois de um ano, eles mudassem.”

A má vontade da Ferrari com a nova regra causou estranheza, uma vez que a equipe tem poder de veto em decisões tomadas pelo Grupo de Estratégia. Porém, Montezemolo explicou que o time prefere guardar esse direito para questões que mudariam mais profundamente o esporte.

“Não quero que a Ferrari vete algo que não é essencial para a Fórmula 1. Eu vetaria se eles quisessem colocar um motor de quatro cilindros, porque não faço motos. Vetaria se eles decidissem que os pilotos tem de correr com uma mão porque eles cansam e é mais interessante para a corrida. Acho que o melhor é ter um ano como teste. Isso falei para Todt e para Bernie. Mas, de qualquer jeito, tivemos unanimidade.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Ferrari nega ter problemas com consumo do novo motor

Previous article

Ferrari nega ter problemas com consumo do novo motor

Next article

Ferrari deixará fãs escolherem nome do modelo 2014

Ferrari deixará fãs escolherem nome do modelo 2014
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias