Montezemolo vê Vettel como maior favorito ao título na F1

compartilhar
comentários
Montezemolo vê Vettel como maior favorito ao título na F1
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
20 de jun de 2018 15:56

Sem “muita pressão”, ex-presidente da Ferrari acredita que 2018 finalmente seja o ano do alemão em Maranello

Michael Schumacher, Ferrari F399
Race winner Sebastian Vettel, Ferrari celebrates on the podium
Podium: second place Kimi Raikkonen, McLaren, Jean Todt, Ferrari Sporting Director, race winner Michael Schumacher, Ferrari and third place Robert Kubica, BMW Sauber F1
Race winner Sebastian Vettel, Ferrari SF71H arrives in parc ferme
Michael Schumacher, Ferrari F300
Race winner kisses the trophy and celebrates on the podium

O ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, esteve presente na abertura da exposição Michael Schumacher Collection, em Colônia, Alemanha, e não perdeu a chance de falar sobre o piloto de maior sucesso da história da Fórmula 1.

Apesar de não haver notícias sobre o estado real de saúde de Schumacher após o terrível acidente nas montanhas de Meribel e 2013, Montezemolo quis dedicar palavras agradáveis ao piloto que trouxe a Maranello cinco de seus últimos seis títulos na F1.

"Eu penso em Michael muitas vezes, eu ainda penso nele em todo fim de semana de corrida. Ele foi um defensor de Vettel, e quando falei com Sebastian - porque eu o convenci a vir a Ferrari antes de ter assinado, em outubro de 2014 - Michael tinha a certeza, porque ele me disse alguns anos antes que Vettel, na sua opinião, seria um grande piloto para a Ferrari."

Maranello não conquista títulos mundiais há vários anos. O último veio em 2008, graças a Felipe Massa e Kimi Raikkonen. Montezemolo disse que espera ver a Ferrari no topo, talvez devido à ajuda de Sebastian Vettel, um piloto sempre apreciado por Schumacher.

"Michael ganhou muitos títulos conosco. Sebastian, infelizmente, ainda não, mas espero que ele possa começar uma nova era em breve, que ele possa ganhar muitos títulos consecutivos como Michael. Eu acho que Vettel é um piloto forte."

"Espero que ele possa seguir o exemplo de Schumacher, mesmo que não seja fácil, apesar de ele ser jovem e forte. Neste ano ele pode finalmente contar com um excelente carro. Ele não tem muita pressão sobre si, mas por enquanto a Mercedes não mostrou sinais de ser muito competitiva, então terá muitas chances, talvez seja um bom ano."

Para concluir, Montezemolo lembrou a reunião em que tentou convencer Schumacher a retornar à Ferrari para substituir o lesionado Felipe Massa, de volta do terrível acidente do brasileiro em Budapeste em 2009.

"Fiquei muito triste quando Felipe teve aquele terrível incidente em Budapeste em 2009. Liguei para Michael no meu escritório e disse: 'Michael, ouça, você tem que correr, você tem que fazer isso por mim, pela Ferrari. No momento foi impossível convencê-lo, mas depois de uma hora ele disse: 'OK, eu não posso dizer não'".

Próxima Fórmula 1 matéria
VÍDEO: Guia do circuito do GP da França

Previous article

VÍDEO: Guia do circuito do GP da França

Next article

Renault: Nosso progresso dirá bastante sobre a F1

Renault: Nosso progresso dirá bastante sobre a F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias