Montezemolo volta a alfinetar Alonso: "pilotos vem e vão"

Dirigente, que já havia criticado o espanhol após o GP da Hungria, ressalta que prioridade é a Ferrari

A lua-de-mel entre Fernando Alonso e Ferrari parece mesmo ter chegado ao fim. Após criticar o piloto na semana passada, o presidente da equipe Luca di Montezemolo voltou a condenar as reclamações do espanhol em relação ao rendimento do carro.

“Fernando nos deu muita coisa nos últimos anos e seu desapontamento por não sermos tão competitivos é compreensível. Mas eu não gostei de algumas palavras, atitudes e explosões”, disse o dirigente ao site da escuderia. Montezemolo explicou o porquê das ásperas palavras contra o bicampeão do mundo.

“Foi uma forma de lembrar a todos, incluindo aos pilotos, que a Ferrari vem antes de tudo. A prioridade é a equipe”, justificou o presidente do time que já mandou Alain Prost embora. “Pilotos nós tivemos muitos. Alguns bons, outros ótimos. Mas pilotos vem e vão, enquanto a Ferrari continua”, alertou.

A irritação de Montezemolo é não só com as críticas de Alonso ao fraco desenvolvimento do carro deste ano, como aos rumores de que o espanhol teria sido oferecido à Red Bull para a vaga de Mark Webber. “Fernando é um grande piloto e eu o entendo: assim como eu, ele quer vencer. Mas é preciso lembrar que ganhamos e perdemos juntos. De nossa parte, temos de dar a ele um carro capaz de largar nas duas primeiras filas”, reconheceu o dirigente. “Começamos o ano com um carro competitivo, talvez até o melhor, mas em vez de avançar, retrocedemos. Mas não podemos baixar a cabeça. Temos de entender os erros, consertá-los e caminhar na direção certa”, concluiu.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias