Motor "estourado" de Rosberg passa por investigação

compartilhar
comentários
Motor
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
7 de set de 2015 14:34

Piloto alemão terá de esperar alguns dias para saber se vai usar o mesmo propulsor na próxima etapa em Cingapura

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06 e Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM08
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06

Mercedes decidiu utilizar tudo à disposição para uma atualização de sua unidade motriz em Monza já de olho na preparação para a temporada 2016 do Mundial de Fórmula 1.

No entanto, um problema no sistema de resfriamento causou um problema na unidade motriz de Nico Rosberg no último treino livre e o piloto alemão foi forçado a voltar a versão anterior do motor. Essa unidade, porém, teve problemas nas voltas finais do GP da Alemanha, provocando o abandono quando estava em terceiro lugar.

O diretor esportivo da Mercedes, Toto Wolff, afirmou que o motor será investigado na base da escuderia em Brixworth para averiguar se poderá ser utilizado novamente. Caso contrário, Rosberg terá de usar a sua quarta unidade motriz em Cingapura.

“Não sabemos ainda se está totalmente danificado. E não foi um problema específico no motor. Foi um vazamento no sistema de resfriamento que levou a falha no motor”, disse.

Wolff foi questionado se Rosberg recebeu algum aviso sobre possíveis problemas. “O motor estava na sexta corrida, com muita quilometragem. Não tivemos nenhum aviso. Demos uma pequena forçada para alcançar o Sebastian (Vettel) e tivemos aquele dia de azar.”

Embora a situação não tenha sido ideal para a Mercedes, Wolff afirmou que a estratégia foi essencial para fazer o progresso necessário para 2016.

“Trouxemos até essa fase quatro motores porque queremos entender se a direção de desenvolvimento era a correta. Foi uma decisão arriscada.”

“Vimos isso ocorrer com Nico e esse foi o resultado daquele motor. A confiabilidade (do nosso motor) tem aguentado uma boa quilometragem, mas ainda não tinha alcançado esse número. Infelizmente perdemos um carro e o Nico pontos valiosos.”

“É um campeonato muito competitivo. O próximo será também e quando mais cedo você sabe que direção deve tomar, melhor é.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Ferrari se diz aberta a fornecer motores para Red Bull

Previous article

Ferrari se diz aberta a fornecer motores para Red Bull

Next article

Apesar de distância para Mercedes, Ferrari segue positiva

Apesar de distância para Mercedes, Ferrari segue positiva
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália
Localização Autodromo Nazionale Monza
Pilotos Nico Rosberg Shop Now
Equipes Mercedes Shop Now
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias