Mudança acaba com "rampa" no traçado de Cingapura

Testando no simulador da Ferrari, Alonso afirmou que a volta ficou um segundo mais rápida sem a chicane

Uma modificação no traçado do circuito de Marina Bay, em Cingapura, promete abaixar os tempos. E, de acordo com Fernando Alonso, que vem trabalhando no simulador da Ferrari, a queda é próxima de um segundo.

A alteração é na curva 10, uma chicane que ficou conhecida como “a rampa de Cingapura” devido à altura de suas zebras. Agora, ela será uma curva para a esquerda que, de acordo com simulações da FIA, pode ser contornada a uma velocidade cerca de 40km/h mais rápida.

Como haverá esse aumento de velocidade, será instalada mais uma barreira de Tec Pro ao final da curva.

Vencedor do ano passado, Sebastian Vettel também está atento às mudanças. Perguntado pelo TotalRace sobre sua expectativa para a prova, o alemão destacou a nova curva. “Temos todos os motivos para estarmos confiantes, pois fomos competitivos em todos os tipos de pista, especialmente nas corridas. O traçado mudou um pouco, então será interessante ver como vai ficar. Mas gosto de ir para lá, é sempre uma corrida interessante e uma das mais duras do ano.”

O circuito passou ainda por alguns retoques, com o recapeamento, devido ao efeito do trânsito no circuito de rua, das três primeiras curvas, além da 5 e da 8 e da reta entre a 13 e a 14.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias