"Muitos nomes ainda estão na minha geladeira", diz Massa

Brasileiro brinca sobre renovação de Webber com a Red Bull e afirma que precisa continuar andando bem para não ser substituído

Massa brinca com momento delicado na Ferrari

Desde o início do ano a vaga de Felipe Massa na Ferrari vinha sendo colocada em xeque pela imprensa internacional. Mas dois fatos recentes parecem dar uma sobrevida ao piloto brasileiro dentro da escuderia. O primeiro foi sua boa atuação no GP de Silverstone, quando conseguiu o quarto lugar, sua melhor colocação desde 2010. E o segundo fato foi a renovação do australiano Mark Webber com a Red Bull.

Caso Felipe tivesse uma lista de nomes de seus prováveis substitutos anexada na porta de sua geladeira, Webber com certeza estava no topo da relação.  “É claro que é um piloto a menos que teria a oportunidade de correr pela Ferrari no ano que vem, mas a minha geladeira ainda está cheia de nomes”, brincou o piloto para despistar.

“Mas não posso ficar me preocupando com quem pode me substituir. O importante agora é pensar no meu trabalho, nos meus resultados e tentar fazer o melhor, como fiz em Silverstone. O que for bom, vai acontecer; o que não for, não vai”, comentou.

O piloto revelou que ainda não começou a conversar com as equipes sobre um lugar no ano que vem, caso não fique na Ferrari. “Essas conversas fazem parte do mercado, é normal. Mas como não estava em um bom momento no começo do ano, não procurei ninguém. Não era a hora. Agora minha situação melhorou, as coisas mudaram um pouco. Se eu continuar correndo bem, a chance de ter um carro competitivo em 2013 aumenta”.

Para o GP de Hockenheim, a Ferrari preparou mudanças no assoalho e na asa dianteira. São pequenas mudanças que, de acordo com o brasileiro, podem ajudá-lo a ganhar posições na corrida. “Não é um grande pacote, mas pode sim fazer uma pequena diferença. Os testes nos treinos livres é que irão nos dar uma idéia mais clara da melhora”, analisou Felipe, que tem como meta esse ano subir até a quinta ou sexta colocação no campeonato.

“Temos um carro em condições de vencer e é isso que espero, tanto para Hockenheim, quanto para o resto das corridas. Um piloto não pode pensar diferente. É lógico que não tenho mais condições de lutar pelo campeonato, pois estou muito distante, mas quero subir até o quinto ou sexto lugar. É difícil, mas é possível. Temos que nos impor metas difíceis.”

Atualmente, Felipe Massa está em 13º lugar com 23 pontos. Nico Rosberg é o quinto, com 75.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias