"Nada", diz Alonso sobre o que pensa de motor estourado

Imagem do espanhol olhando para o carro quebrado foi uma das cenas marcantes do treino livre

Mais uma vez, a McLaren-Honda de Fernando Alonso deixou o piloto na mão. O propulsor do espanhol estourou durante o segundo treino livre para o GP do Brasil e produziu uma das cenas marcantes da sessão. O piloto permaneceu sentado, imóvel, por vários minutos após deixar o carro.

Nitidamente a fim de evitar polêmicas e com a cabeça fria, Alonso minimizou a quebra, em entrevista ao Motorsport.com. Quando perguntado sobre o que se passou na sua cabeça enquanto esperava a moto que o levaria de volta aos boxes, ele respondeu:

"Nada", e deu um sorriso meio constrangido.

"Sei que foi uma imagem muito comentada nas últimas horas, mas o que esperavam que eu fizesse? Muitos carros abandonam, parei no lugar mais seguro possível e fiquei esperando a moto para me buscar e ir até os boxes. É uma rotina bastante normal", disse.

Forçado a comentar mais sobre o tema e sobre as expectativas para a próxima temporada, Alonso foi protocolar.

"Sei que é um ano de frustração e muitos problemas mecânicos, mas tomara que não tenhamos falhas amanhã e na corrida. E tomara que não tenhamos problemas em Abu Dhabi e também em todo o ano que vem. Queremos colher frutos no curto prazo. É uma equipe feliz, que me apoia com um bom salário", afirmou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Sub-evento Sexta-feira treino 2
Pista Interlagos
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias