"Não dá para dizer quem vai ganhar o título", defende Alonso

compartilhar
comentários
19 de mar de 2014 17:38

Espanhol se concentra nos pontos positivos mostrados pela Ferrari na Austrália: largada e estratégia

O quarto lugar de Fernando Alonso no GP da Austrália pode não dar a noção exata de onde a Ferrari está em relação aos rivais: o espanhol lucrou com os abandonos de Hamilton e Massa e com a prova acidentada de Bottas, além de ter cruzado a linha também atrás da Red Bull. Sua luta, ganha apenas nos boxes, foi com a Force India de Nico Hulkenberg. Mesmo assim, o espanhol confia na reação de sua equipe.

“Ninguém pode dizer quem vai ganhar ou quem vai perder o campeonato depois de apenas uma corrida”, defendeu. “Precisamos ficar calmos e melhorar na próxima. Agora podemos as áreas em que temos de melhorar e onde somos muito fortes. A Mercedes parece muito forte e ganharam a corrida porque mereceram, estão na frente de todos. Vamos tentar diminuir essa diferença – e também terminar as corridas, pois conseguimos 10 pontos a mais de Hamilton por uma questão de confiabilidade. Nosso carro é muito forte.”

Mesmo lembrando que acabou a corrida de Melbourne com mais pontos que alguns rivais diretos, Alonso reconhece que o ritmo da Ferrari deixou a desejar.
“Ainda que tenhamos 10 pontos sobre Hamilton e Vettel, é com esses 35 minutos que perdemos para Rosberg com os quais não estamos felizes. Não consegui lutar com as McLaren pelo pódio, então não estamos felizes com a performance, mas o lado bom é que foi apenas a primeira corrida do ano. As largadas foram muito boas, conseguimos passar Hulkenberg na estratégia, então também é pontos positivos. Temos de continuar trabalhando.”
Next article
"O talento que Deus me deu me atrapalhou", avalia Pizzonia

Previous article

"O talento que Deus me deu me atrapalhou", avalia Pizzonia

Next article

Aniversário de Ayrton Senna gera chuva de homenagens

Aniversário de Ayrton Senna gera chuva de homenagens
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias