"Não é a primeira vez que tenho problemas na Ferrari", diz Kimi

compartilhar
comentários
Por: Julianne Cerasoli
14 de dez de 2014 11:56

Finlandês, que sequer subiu ao pódio em 2014, afirma que esperava viver um ano difícil em seu retorno à Scuderia

Depois de vencer provas em 2012 e 2013 pela Lotus, Kimi Raikkonen ficou longe do pódio pela primeira temporada desde sua estreia na Fórmula 1, em 2001, e terminou apenas em 12º, marcando cerca de 25% dos pontos da Ferrari no ano.

[publicidade] O finlandês, no entanto, não ficou surpreso com sua péssima temporada. “Obviamente, com uma nova equipe, eu esperava dificuldades por como as coisas funcionam. Se o carro não combina com seu estilo, e já tive situações do tipo na Ferrari, não é fácil mudar quando certas coisas não estão certas para você.”

De fato, dificuldades em se adaptar com o carro na Ferrari não são novidade para o finlandês, que sofreu com a suspensão do carro de 2008, por exemplo, ano seguinte a seu título mundial. “Não é a primeira vez que tenho dificuldades – você só tem de tentar tirar o melhor e se certificar de que isso não vai voltar a acontecer no futuro.”

Raikkonen acredita que a próxima temporada, quando terá Sebastian Vettel como companheiro, tem tudo para ser melhor.

“Durante o ano eles têm um plano claro do que temos de melhorar para voltar onde a Ferrari deveria estar. Sinto que todas as áreas vão melhorar bastante. É uma pena que tenhamos tido esse tipo de ano porque não é bom para mim, para a Ferrari e os torcedores, mas faz parte.”
Próxima Fórmula 1 matéria
Primeira passagem de Alonso na McLaren foi marcada por polêmicas

Previous article

Primeira passagem de Alonso na McLaren foi marcada por polêmicas

Next article

Saída de Vettel da Red Bull foi influenciada por companheiro, diz chefe

Saída de Vettel da Red Bull foi influenciada por companheiro, diz chefe
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias