Não espero grande melhora da Ferrari, diz Zanardi

Ex-piloto de Fórmula 1 e atual medalhista paraolímpico, italiano comenta momento do esporte a motor

Alessandro Zanardi não crê que a Ferrari vá ter um ano fácil em 2017. Ex-piloto da Jordan, Minardi, Lotus e Williams na F1 e bicampeão da CART em 1997 e 1998, o italiano acredita que o time precise se organizar melhor.

Ainda na entrevista, dada à La Gazzetta dello Sport, ele falou de Valentino Rossi e que acredita que a Mercedes deveria escolher Wehrlein para correr ao lado de Hamilton.

Que tal a Ferrari em 2017?

"Eu não acho que podemos esperar uma grande melhora. Acho que Hamilton vai ganhar."

O que está faltando?

"A F1 é um mundo complicado. Ganhar é uma questão de programação."

É culpa de Maurizio Arrivabene?

"Ele tem uma tarefa difícil. Na F1, você precisa de um sistema em que todos os pilotos e técnicos se entendam, trabalhando na mesma direção. Imputar a ele toda a culpa seria injusto. Ele foi deixado um pouco sozinho. Ele deve ser apoiado e este é o momento."

Rosberg aposentado...

"Sinto que a escolha será Bottas. Eu iria para Wehrlein, por ser um jovem talento. Iríamos rever a escolha da McLaren de Hamilton ao lado de Alonso. Nós sabemos como terminou. Eu estava esperando algo mais imaginativo."

Falou-se de Valentino...

"Esportivamente não era a escolha mais lógica. Teria sido uma oportunidade perfeita para dar mais luz à F1, que precisa dele – especialmente na TV. A Mercedes está em outro mundo. Imagine o que aconteceria com uma vitória de Valentino?"

Rossi trabalhando pelo décimo título...

"Ele é insanamente grande. Inacreditável. É bom pensar. Eu apostaria nele e não em Márquez."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Alex Zanardi
Tipo de artigo Entrevista