"Não estamos tentando fazer voltas rápidas", avisa Hamilton

Mesmo longe do topo da tabela de tempos, campeão de 2014 diz que carro é ainda melhor do que ano passado

Mesmo tendo ficado longe das primeiras colocações no início dos testes de pré-temporada, a Mercedes não esconde sua confiança com o novo carro. Os campeões mundiais deram impressionantes 248 voltas apenas nos dois primeiros dias de atividades de pista e Lewis Hamilton avisou: eles ainda não começaram a investigar o que podem fazer em termos de velocidade.

[publicidade] “É o mesmo do ano passado. No começo dos testes, a sensação não é boa quando você passa pelas curvas rápidas. Mas é a pior sensação do ano todo – o equilíbrio não está perfeito porque ainda não trabalhamos no acerto, então poderia estar melhor, mas há muita coisa positiva e conseguimos uma boa quilometragem.”

Mesmo tendo andado bem menos que Nico Rosberg em seu primeiro dia no carro – Hamilton teve um vazamento de água – o campeão de 2014 lutou para não soar muito positivo.

“Não dá para se animar muito ainda porque você não sabe como estão os outros – o que tem de nos animar é a primeira corrida, como todo ano. A sensação com o carro é a mesma [do ano passado]. Parece que temos mais pressão aerodinâmica, então acho que demos um passo adiante, mas o tamanho desse passo não posso dizer. Não estávamos tentando marcar voltas rápidas.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias