Não jogamos vitória de Massa fora, defende a equipe Williams

Time acredita que, se tivesse seguido estratégia das Mercedes, sofreria nas voltas finais do GP da Austrália

A Williams negou que tenha jogado fora a chance de vencer o GP da Áustria ao adotar uma estratégia conservadora na luta com as Mercedes. O time largou na primeira fila, com Felipe Massa na pole, mas terminou em terceiro e quarto lugares.

[publicidade]Massa perdeu a liderança quando a equipe decidiu não responder imediatamente à primeira parada de Nico Rosberg, que vinha em terceiro. Como o alemão adotou um ritmo mais rápido usando a aderência dos pneus mais novos, acabou assumindo a ponta após as trocas dos pilotos da Williams.

“Havia uma chance, se tivéssemos feito o mesmo que Nico, de não terminarmos a prova. O desgaste de pneu foi alto. Estou razoavelmente feliz com o que fizemos”, disse o chefe de performance, Rob Smedley.

“Da informação que tínhamos em certo ponto e, por tudo o que sabíamos na hora e sabemos agora, não acho que poderíamos ter chegado no final da corrida se tivéssemos respondido. Mesmo com a estratégia que fizemos, estávamos cuidando dos pneus e do desgaste, tentando diminuir a aceleração lateral em certas partes da curva, alterando estilos de pilotagem.”

O grande medo da equipe era parar cedo demais no começo da corrida e acabar ficando sem pneus no final, tornando-se presa fácil para os pilotos que vinham atrás.

“Então seria bem corajoso parar mais cedo. Pareceríamos idiotas se os pneus terminassem com cinco ou seis voltas para o final e outros carros nos passassem com facilidade. Fomos batidos por um carro mais rápido e uma equipe melhor organizada.”

Em relação à disputa interna de seus pilotos, Smedley explicou que Bottas emergiu do primeiro pit stop à frente de Massa porque o brasileiro “teve uma volta de entrada nos boxes lenta e uma demora de 0s8 no pit stop, além de problemas para aquecer o novo jogo de pneus.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias