“Não perdemos o campeonato nesta corrida”, diz Alonso

Espanhol lembra de acidente com Grosjean na largada em Spa e fala que ocasiões como aquela é que definiram o título

Alonso em Interlagos

Fernando Alonso teve o que pediu antes do GP do Brasil: uma corrida o mais maluca possível. O espanhol, no entanto, não conseguiu aproveitar 100% a corrida disputada em um clima instável e cheia de alternativas e terminou em segundo, atrás de Jenson Button. Assim, Alonso terminou três pontos atrás de Vettel no campeonato, ficando com a vice-liderança.

“Não perdemos o campeonato aqui no Brasil”, definiu Alonso. “Perdemos quando, em Spa, Grosjean passou por cima da minha cabeça ou no Japão, quando fomos bem piores que Vettel na classificação, por exemplo”, continuou.

Alonso garante que não ficou decepcionado com o desfecho da temporada, mesmo depois de chegar a liderar o campeonato com mais de 40 pontos de vantagem. “Foi uma sensação boa de terminar 2012 com o melhor ano de minha carreira, ganhando elogios de todo mundo dentro da Fórmula 1”.

O espanhol lembrou que o carro da Ferrari não foi o melhor durante a temporada e por isso comemorou ter chegado até o final na briga pelo título. “Não tivemos o carro mais rápido durante a temporada e foi um milagre ter chegado até o final em condições de vencer o campeonato. Me sinto muito orgulhoso pela equipe. E quando falo em equipe, digo os engenheiros, os mecânicos, o pessoal em Maranello, o Felipe, que sempre fez um trabalho excelente tanto nas corridas, como nos simuladores. Confio 100% nele. Fizemos durante o ano excelentes pitstops, grandes estratégias, tivemos um ano com zero problema nos carros. Então, todos estão de parabéns. Apenas não tivemos o carro mais rápido. Em algumas corridas ficamos atrás de Force India, Sauber, Williams”, argumentou.

O piloto ainda se disse feliz pela Ferrari ter garantido o vice no mundial de construtores, ficando à frente da McLaren. “Durante a corrida nem pensei nisso, estava só pensando no mundial de pilotos. Mas foi uma ótima notícia. No todo, saio bem satisfeito daqui, pois fizemos o máximo. Em algumas corridas fiquei frustrado, mas não aqui”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias