"Não temos alcançado os pontos que poderíamos", admite Gillan

compartilhar
comentários
Por: Guilherme Carvalho
12 de out de 2012 13:32

Engenheiro-chefe de operações espera que oitavo lugar de Maldonado em Suzuka tenha sido o ponto de virada

Mark Gillan, da Williams

Um carro capaz de vencer corridas, como fez em Barcelona, ou uma equipe à frente apenas da Toro Rosso e das nanicas, como sugere a classificação do mundial de construtores? Nesta sexta-feira, na Coréia, o chefe de operações da Williams, Mark Gillan comentou sobre a verdadeira face do time de Grove durante entrevista coletiva.

“Em termos de ritmo, nosso carro vem evoluindo durante a temporada. Tivemos um ponto alto em Barcelona, mas realmente não temos alcançado os pontos que poderíamos nas últimas corridas. Espero que Suzuka tenha representado um ponto de virada em relação a isso”, disse o engenheiro, sobre o oitavo lugar conquistado por Pastor Maldonado no Japão. “Embora não tenhamos tido uma boa qualificação lá, o ritmo de corrida foi muito bom. Precisamos agora amarrar as duas pontas, indo bem tanto no treino como na corrida”, concluiu.

Gillan afirmou que, ao contrário do ano passado, quando o time praticamente abandonou o carro de 2011 no segundo semestre para se dedicar ao desenvolvimento do modelo de 2012, em 2012 o foco é todo no carro atual. “Na última temporada passamos as seis corridas finais focando no carro de 2012. Este ano estamos nos esforçando em desenvolver o carro até o final, claro, deixando um caminho bom para 2013 e pensando também em 2014, que será muito importante”, disse Gillan, lembrando das mudanças de regulamento que devem ocorrer daqui a duas temporadas.

Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso: "Independentemente de quem esteja atrás, temos de melhorar"

Previous article

Alonso: "Independentemente de quem esteja atrás, temos de melhorar"

Next article

Vettel conta passagem hilária que teve com Webber no avião da Índia

Vettel conta passagem hilária que teve com Webber no avião da Índia
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Guilherme Carvalho
Tipo de matéria Últimas notícias