"Não temos muito a perder", reconhece Raikkonen, nono

Finlandês explica que Lotus optou por correr pela primeira vez com duto passivo mesmo com pouco resultado

Mesmo com novidades no carro e em um circuito que deveria favorecer mais a Lotus do que os palcos das últimas duas etapas, Kimi Raikkonen fez apenas o nono melhor tempo no treino classificatório para o GP da Grã-Bretanha, neste sábado em Silverstone. Com a punição a Paul di Resta, subiu pro oitavo lugar. O terceiro colocado no campeonato, que foi superado pelo companheiro Romain Grosjean, não gostou do resultado, mas acredita que pode se recuperar na corrida.

“Esperava mais, mas essa é nossa posição no momento e temos de tentar melhorar. Não acho que tem a ver com os pneus, é o carro que não tem pressão aerodinâmica. Não somos rápidos o bastante”, lamentou o finlandês ao TotalRace. “Normalmente, somos melhores na corrida. Além disso, há alguns carros que estão na nossa frente que não devem ter um ritmo tão bom. Tomara que possamos recuperar algumas posições e marcar bons pontos.”

Perguntado se os pneus trazidos pela Pirelli para Silverstone eram macios demais para o carro da Lotus, Kimi evitou criticar a fornecedora. “É claro que nosso carro prefere o pneu mais macio, mas não há sentido em reclamar. Eles tomam as decisões deles e somos nós que temos de fazer o carro ser rápido em qualquer situação.”

O finlandês afirmou que, mesmo sem o rendimento esperado, a Lotus optou por correr com o duto passivo, que vem sendo testado desde meados do ano passado, mas nunca foi utilizado em provas.

“Usamos o duto passivo na classificação. Ele não funcionou tão bem quanto esperávamos, mas vamos ver como se comporta na corrida. Tínhamos que tentar porque, se nunca o fizermos e melhoraremos, nunca saberemos se funciona, já que não temos testes. Não acho que temos muito o que perder porque, se não trouxermos novidades, não conseguiremos chegar nos carros que vão à frente.”

Romain Grosjean, que andou à frente do companheiro por boa parte do dia, fez o oitavo melhor tempo e larga em sétimo amanhã.

“Ainda que fôssemos muito rápidos com os pneus duros no começo da classificação, não fomos tão competitivos com os médios. Não sei se tem a ver com o clima, mas pioramos em relação ao treino livre da manhã. Estamos trabalhando duro na direção certa, mas os pneus ainda são muito importantes.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias