"Não vamos cometer os erros do ano passado", diz Räikkönen

Finlandês espera melhorar performance da Lotus em Mônaco após ter aprendido com fim de semana ruim em 2012

Kimi Räikkönen

Na vice-liderança do mundial e com a luta pelo título acirrada, Kimi Räikkönen não pode se dar ao luxo de ter um fim de semana abaixo do esperado em Monte Carlo. No ano passado, a Lotus e ele não encontraram bom ritmo no principado, o que acabou o deixando somente com um nono lugar na prova. Neste ano, Kimi quer mais.

“O importante vai ser não cometer os mesmos erros de novo”, fala o finlandês.

“Fizemos várias coisas erradas durante o fim de semana no ano passado. Certamente não vamos cometer os mesmos erros da última vez.”

Vencedor da corrida pela McLaren em 2005, Räikkönen não enxerga maior importância na etapa monegasca. “É inútil colocar corridas em diferentes categorias, pois todas elas são tão importantes quanto as outras para se ganhar o campeonato.”

“Entretanto, não há nada como Mônaco. Não há sentimento melhor do que fazer as coisas funcionarem lá. Correr nas ruas de Mônaco é muito diferente do que qualquer outro lugar e é muito desfiador. Ultrapassar é quase impossível, então, para gostar da prova, você tem de estar na frente.”

Quanto ao campeonato, Kimi fala que 2013 tem sido um bom ano, mas trabalha para melhorá-lo ainda mais. “Não estamos em primeiro, então não tem como estarmos muito felizes. Com certeza não é um pesadelo, mas temos muitas corridas até o final e qualquer coisa pode acontecer na F-1”, alerta o piloto.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias