"Não vejo motivo para andarmos mal em Monza", aponta Alonso

Espanhol está animado após GP da Bélgica e recorda recuperação de 2012, quando largou em 10º e foi ao pódio na Itália

O segundo lugar no GP da Bélgica e a lembrança de uma boa performance na última temporada animam Fernando Alonso para a corrida de Monza, no próximo final de semana. Andando na casa da Ferrari, o espanhol espera diminuir a desvantagem de 46 pontos em relação a Sebastian Vettel no mundial de pilotos.

“Não vejo nenhum motivo pelo qual devemos andar mal em Monza. Ano passado, tivemos um GP muito competitivo lá. Estávamos lutando pela pole até que tivemos um problema com a barra estabilizadora no Q3 e, mesmo largando em décimo, acabamos no pódio.”

Naquela prova, o espanhol contou com a ajuda de Felipe Massa, que lhe deu passagem para que chegasse em terceiro lugar, atrás de Lewis Hamilton e da surpresa Sergio Perez. Na ocasião, Vettel foi punido por uma manobra justamente quando lutava por posição com Alonso e, mais tarde na corrida, abandonou. Um repeteco deste resultado seria tudo o que o espanhol queria.

“É um circuito que se adapta bem ao nosso carro, então vamos para lá com a esperança de repetir o pódio do ano passado e, tomara, terminar à frente de Sebastian para tirar alguns pontos da vantagem dele.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias