Nasr lamenta falta de ritmo do carro e trânsito de Button

compartilhar
comentários
Nasr lamenta falta de ritmo do carro e trânsito de Button
15 de nov de 2015 19:05

Mesmo com resultado não esperado, brasileiros faz saldo positivo do fim de semana que marcou estreia no GP Brasil de F1

Grid girl de Felipe Nasr, Sauber F1 Team
Felipe Nasr, Sauber F1 Team with his girlfriend Giulia Maria Testoni
Felipe Nasr, Sauber F1 Team
Felipe Nasr, Sauber F1 Team

Felipe Nasr terminou uma posição atrás da que largou, em 14°, Com estratégia diferente de paradas nos pits do que a maioria dos outros competidores, o brasileiro elegeu outros problemas que o impediu de brigar por pontos.

"Perdi muito tempo atrás do Jenson Button. Não sei se estaríamos melhor se tivéssemos parado uma ou duas voltas antes para não ter o trânsito dele, isso atrapalhou um pouco."

Em seguida, Nasr também atribuiu ao carro, a performance não esperada para o domingo.

"Para falar a verdade, o carro em si não tinha ritmo para brigar com a Toro Rosso, com a Lotus ou com a Force India. Não acho que foi uma estratégia errada, foi uma questão de ritmo."

No geral, Nasr não achou que o fim de semana de estreia no GP Brasil como piloto principal foi ruim.

"O balanço foi bem positivo, lógico que eu gostaria de um resultado da corrida melhor, mas considerando toda a experiência em si, foi bem marcante, não vejo a hora de voltar no ano que vem, mas numa situação mais competitiva."

"Vamos torcer para que consigamos trabalhar num bom carro e voltar ano que vem melhor aqui", declarou.

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel, em 3º, comemora: "estamos mais perto da Mercedes"

Previous article

Vettel, em 3º, comemora: "estamos mais perto da Mercedes"

Next article

Torcida em Interlagos exalta Senna, mas xinga Lula e Dilma

Torcida em Interlagos exalta Senna, mas xinga Lula e Dilma
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Sub-evento Domingo pós-corrida
Localização Autódromo José Carlos Pace
Pilotos Felipe Nasr
Tipo de matéria Últimas notícias