Newey diz que novo carro é evolução de modelo de 2009

compartilhar
comentários
Newey diz que novo carro é evolução de modelo de 2009
Por: Bruno Vicaria
6 de fev de 2012 14:38

Segundo o projetista, considerado o mago da F-1 moderna, as limitações no regulamento para este ano não o agradaram

Adrian Newey

"O RB8 é a quarta geração do RB5, de 2009, que é como se fosse o avô desse carro". Desta forma, Adrian Newey descreveu sua nova cria, que disputará a temporada 2012 da Fórmula 1 com a Red Bull.

"Os últimos anos foram muito bons, bem-sucedidos. Foi uma jornada incrível até chegar lá. Esta é a quarta evolução do RB5, então claro que a pressão é para tentar e ficar lá no topo, se conseguirmos. Será uma tarefa difícil, pois perdemos a tecnologia do escapamento com a restrição em sua posição", conta.
 
"Isso provocou uma grande reforma no inverno. Se isso vai afetar mais a gente que os outros é difícil de dizer. Desenhamos o RB7 em cima desta posição do escapamento e fomos os únicos, provavelmente, a fazer isso, então talvez perdemos mais que os outros. Só o tempo vai dizer."
 
Segundo o projetista, considerado o mago da F-1 moderna, as limitações no regulamento para este ano não o agradaram, principalmente pelo fato de ter precisado redesenhar a parte traseira com o fim do difusor soprado.
 
"Restrições de regulamento como a perda do escapamento são um pouco frustrantes na verdade, pois não estão dando novas oportunidades de descoberta, mas, sim, fechando as portas. Gosto de mudanças do regulamento, mas restrições eu lamento", analisa.
 
"O RB7 foi desenvolvido em volta do escapamento. Neste ano, sabendo das mudanças, precisamos voltar para trás e ver como desenvolvemos o carro nos últimos dois anos e ver se os caminhos que seguimos servem apenas para o escapamento do ano passado. O principal foi a altura traseira. Com o escapamento em 2011, conseguíamos andar com a traseira mais alta, então precisaremos desenvover o carro em torno de uma altura menor."
 
Newey, inclusive, afirmou ter tentado deixar o bico do carro menos feio com a limitação da altura. "A restrição na altura do bico do carro não mudou a forma do chassis muito. Mantivemos a mesma ordem, mas tiramos um pouco o bico, o que fez com que ficássemos com um nariz feio. Tentamos estilizar o máximo possível."
Próxima Fórmula 1 matéria
Veja mais detalhes da apresentação do modelo C31 da Sauber

Previous article

Veja mais detalhes da apresentação do modelo C31 da Sauber

Next article

Toro Rosso não foge do "degrau" em seu novo modelo

Toro Rosso não foge do "degrau" em seu novo modelo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias