Daly: Newgarden deveria receber convites de equipes de F1

Concorrente na Indy diz que americano mostrou evolução que mostra que ele brilharia na principal categoria do planeta

Mais novo campeão da Indy, Josef Newgarden mostrou potencial para lhe render convites de equipes de F1 no futuro. Pelo menos é o que acredita Conor Daly, seu colega na categoria americana.

Newgarden, de 26 anos, conquistou o título da Indy em sua primeira temporada na Penske, derrotando os veteranos Simon Pagenaud, Scott Dixon e Hélio Castroneves.

Para Daly, Newgarden mostrou que tem nível para brilhar na principal categoria do planeta. “Agora, com o ritmo que Josef vem mostrando com seu desenvolvimento firme, ele deveria estar recebendo ligações de equipes de F1. De forma alguma ele deveria estar sem receber atenção. O cara ganhou o campeonato em sua primeira temporada com Roger Penske, e talvez esteja recebendo ligações de equipes de F1”, disse, em entrevista ao site Racer.

“É difícil de aceitar que um talento como Josef, que já vemos há muitos anos, teria sido expulso do sistema da Red Bull se ele tivesse ido à F1. O ideal seria: 23º como estreante, 14º no segundo ano, vamos nos livrar de você. Você não tem muito tempo para crescer, o que foi que ele fez agora na Indy.”

“A evolução é o que impressiona em Josef. Pilotos estão sempre aprendendo, e ele está com a Penske em um ano e olha o que ele já fez. Será muito difícil batê-lo no futuro se ele não foi contratado por uma equipe de F1.”

Newgarden já havia tentado sucesso no automobilismo europeu, disputando a F-Ford inglesa em 2009 e a GP3 no ano seguinte. Contudo, ele retornou ao seu país natal e, agora, já se estabeleceu como um piloto de ponta na Indy.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias