Nico Rosberg é absoluto e faz a primeira pole da carreira

Com primeira pole desde os tempos de Fangio, Mercedes fecha a primeira fila no grid para o GP da China

Rosberg é o pole

Depois de 110 GPs, Nico Rosberg conquista a primeira pole da carreira em um dia de primeira fila fechada pela Mercedes. É a primeira pole da equipe desde Juan Manoel Fangio, no GP da Itália de 1955. Lewis Hamilton fez o segundo tempo, mas largará em sétimo devido à punição pela troca de câmbio. Felipe Massa largará em 12º e Bruno Senna, em 14º na prova que tem largada marcada para as 4h da madrugada de domingo.

Q1

Ao contrário das duas primeiras etapas, o drama da Ferrari já começou no Q1, quando Felipe Massa foi à pista com pneu macio para se garantir entre os 17 melhores. No momento, só tinha a dupla da Toro Rosso atrás, além dos pilotos de Caterham, HRT e Marussia. O brasileiro pulou momentaneamente para primeiro.

Outros pilotos copiaram a estratégia. Senna, Maldonado, Grosjean, Alonso e Perez, que liderou a sessão, fizeram o mesmo. Mesmo também voltando à pista, a Toro Rosso de Vergne não conseguiu melhorar o tempo e foi barrada junto das nanicas.

Q2

Após as primeiras tentativas para ver quem ficaria entre os 10. A Sauber colocou sua dupla junto de Mercedes, que liderava, McLaren, Red Bull e Lotus entre os melhores, assim como Alonso, se aproveitando de uma volta abortada de Grosjean.

A dupla da Mercedes nem voltou à pista, a exemplo de Raikkonen. Grosjean enfim concluiu uma volta e se colocou entre os 10 e quem deixou para os últimos segundos passou por apuros. Button se colocou em nono e Vettel ficou de fora do top 10 por 49 milésimos, enquanto Webber fez o melhor tempo. Isso deu a chance para Alonso se colocar no Q3.

Q3

Apenas as McLaren, Mercedes e a Red Bull de Webber foram à pista no início do Q3. O treino acabou após a primeira tentativa para Nico Rosberg, que saiu do carro tendo o melhor tempo da pista. Nem precisou ir à pista e ficou esperando os outros pilotos na sala de pesagem.

Hamilton marcou o segundo tempo na pista, mas largará em sétimo devido à punição pela troca de câmbio. Com isso, a primeira fila é da Mercedes. Quem não foi bem foi Jenson Button, que largará em quinto, ao lado de Webber.

Confira a classificação para o GP da China



1º Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1min35s121 (11 voltas)
2º Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1min35s691 (13)
3º Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1min35s784 (13)
4º Kimi Räikkönen (FIN/Lotus-Renault) - 1min35s898 (15)
5º Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1min36s191 (16)
6º Mark Webber (AUS/Red Bull Racing-Renault) - 1min36s290 (14)
7º Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1min35s626 (14) (punição)
8º Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) - 1min36s524 (17)
9º Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1min36s622 (17)
10º Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) -  sem tempo no Q3 (15)
 
Q2
 
11º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull Racing-Renault) - 1min36s031 (11)
12º Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1min36s255 (14)
13º Pastor Maldonado (VEM/Williams-Renault) - 1min36s283 (14)
14º Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) - 1min36s289 (14)
15º Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - 1min36s317 (14)
16º Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) - 1min36s745 (14)
17º Daniel Ricciardo (AUS/STR-Ferrari) - 1min36s956 (14)
 
Q1
 
18º Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) - 1min37s714 (8)
19º Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) - 1min38s463 (9)
20º Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) - 1min38s677 (7)
21º Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) - 1min39s282 (10)
22º Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) - 1min39s717 (10)
23º Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) - 1min40s411 (7)
24º Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) - 1min41s000 (10)
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Tipo de artigo Últimas notícias