Nigel Mansell será o comissário convidado para o GP de Mônaco

Britânico campeão mundial de 1992 exerceu o cargo por duas vezes ano passado: em Silverstone e Spa-Francorchamps

Mansell vivieu um dos momentos mais marcantes de sua carreira em Mônaco - Aqui com Senna em 1992

Como acontece em todas as corridas do calendário, a Fórmula 1 chama um piloto para ser comissário de prova em cada um dos GPs da temporada. Para o Grande Prêmio de Mônaco, evento deste fim de semana, a categoria trouxe o campeão mundial de 20 anos atrás Nigel Mansell para ajudar nas decisões técnicas.

O britânico exerceu o cargo por duas vezes em 2011. Na primeira delas julgou ações no GP caseiro da Grã-Bretanha e, na segunda, foi até a mítica Spa-Francorchamps, Bélgica, para ajudar os outros comissários. A primeira vez que foi escolhido foi no início de 2010, quando o presidente da FIA Jean Todt resolveu implantar a ideia.

Durante sua carreira como piloto de F-1, ocupou assentos da Lotus, Williams, Ferrari e McLaren, sagrando-se campeão mundial em 1992, além de ser coroado como campão da IndyCar, quando pilotava nos Estados Unidos, em 1993.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Tipo de artigo Últimas notícias