No GP da China, Hamilton faz primeira pole na Mercedes

Inglês larga à frente de Raikkonen e Alonso; Vettel opta por largar com pneus médios e sai apenas em nono

Em um treino disputado em compasso de espera pela alta degradação dos pneus macios, Lewis Hamilton conquistou sua primeira pole pela Mercedes. O inglês larga ao lado de Kimi Raikkonen no GP da China. Fernando Alonso fez o terceiro tempo e Felipe Massa, o quinto. Webber foi o 14º, mas punido por falta de combustível para análise, largará em último. 

Q1

Priorizando a economia dos pneus médios, mais duráveis e ideais para a corrida, os pilotos só foram à pista após 10 minutos do início da sessão. Cada um tem direito a três jogos do composto macio e do médio. E, como a degradação do macio se mostrou muito acentuada e a performance, muito melhor, nos treinos, se tornou ainda mais importante guardar os médios para o domingo.

Tendo apenas uma volta rápida para decidir que ficaria na primeira parte do treino, as Mercedes, com Hamilton à frente, lideraram. Acabou sobrando para os estreantes Esteban Gutierrez, da Sauber, e Valtteri Bottas, da Williams, junto das duplas de Marussia e Caterham. Mais uma vez, o francês Jules Bianchi ganhou destaque, classificando-se mais de 0s7 à frente do companheiro Max Chilton.

Q2

Na segunda parte do treino, as duplas de Red Bull e Ferrari foram à pista com os pneus usados no Q1, enquanto a Mercedes e a Lotus optaram por usar um jogo novo. O time alemão voltou a liderar, com Hamilton à frente de Rosberg, e Raikkonen em terceiro. Alonso, Vettel e Massa completaram o top 6.

Webber fez o oitavo melhor tempo, mas recebeu uma mensagem para economizar combustível e, logo depois, abandonou o treino parando no meio da pista. Após o treino, o australiano acabou punido pela FIA por falta de amostra de combustível para análise. 

Vettel e as Ferrari se viram obrigados a voltar à pista para se garantir no Q3. Os três se juntaram às Mercedes, Lotus, Button, Hulkenberg e a surpresa Daniel Ricciardo, da Red Bull. Ambas as Force India ficaram de fora, com Di Resta em 11º, seguido por Perez, Sutil, Webber, Maldonado e Vergne.

Q3

Novamente, um período de espera marcou a última parte do treino, com todos os pilotos apenas com um jogo de pneus macios. Vettel foi na contramão dos demais e saiu com pneus médios, assim como Button, Ricciardo.

A exemplo das duas partes anteriores do treino, Hamilton foi o mais rápido e marcou a pole, à frente de Raikkonen, Alonso, Rosberg, Massa, Grosjean, Ricciardo, Button, Vettel e Hulkenberg. O tricampeão acabou não marcando tempo depois de perder a freada da curva 14 e fritar seus pneus médios.

Com pilotos com estratégias diferentes até dentro do top 10, o GP da China tem largada às 4h da madrugada pelo horário de Brasília.

Confira a classificação para o GP da China

 

1

Lewis Hamilton

Mercedes

1:34.484

2

Kimi Räikkönen

Lotus-Renault

1:34.761

3

Fernando Alonso

Ferrari

1:34.788

4

Nico Rosberg

Mercedes

1:34.861

5

Felipe Massa

Ferrari

1:34.933

6

Romain Grosjean

Lotus-Renault

1:35.364

7

Daniel Ricciardo

STR-Ferrari

1:35.998

8

Jenson Button

McLaren-Mercedes

2:05.673

9

Sebastian Vettel

Red Bull Racing-Renault

1:35.343

10

Nico Hulkenberg

Sauber-Ferrari

1:36.261

11

Paul di Resta

Force India-Mercedes

1:36.287

12

Sergio Perez

McLaren-Mercedes

1:36.314

13

Adrian Sutil

Force India-Mercedes

1:36.405

14

Pastor Maldonado

Williams-Renault 1:37.139

15

Jean-Eric Vergne

STR-Ferrari

1:37.199

16

Valtteri Bottas

Williams-Renault

1:37.769

17

Esteban Gutierrez

Sauber-Ferrari

1:37.990

18

Jules Bianchi

Marussia-Cosworth

1:38.780

19

Max Chilton

Marussia-Cosworth

1:39.537

20

Charles Pic

Caterham-Renault

1:39.614

21

Giedo van der Garde

Caterham-Renault

1:39.660

22

Mark Webber (punido)

Red Bull Racing-Renault

1:36.679

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Tipo de artigo Últimas notícias