No meio do pelotão, cinco são divididos por menos de três décimos

compartilhar
comentários
No meio do pelotão, cinco são divididos por menos de três décimos
Por: Julianne Cerasoli
12 de nov de 2011 14:01

Puxados pelo bom desempenho de Sergio Perez com a Sauber, promessa é de briga das boas para chegar nos pontos

Perez promete corrida agressiva desde a 11ª posição do grid

Com menos de três décimos separando cinco pilotos que ficaram no Q2, muitos do pelotão intermediário acreditam que poderiam ter obtido uma colocação melhor ou apostam em ganhar posições com um acerto voltado para a corrida.

Sergio Perez, Sauber, 11º: “Estou muito contente com a 11ª colocação. Todos fizeram um bom trabalho. Fiz minha volta mais rápida com um jogo de pneus que tinha usado no Q1. Claro que esperava melhorar com o jogo novo, mas foi impossível fazer o pneu funcionar. Espero que façamos uma boa corrida com uma estratégia agressiva amanhã.”

Sebastien Buemi, Toro Rosso, 13º: “Estou razoavelmente satisfeito com minha performance, mesmo que esteja perto da 11ª posição, o que mostra a dificuldade da sessão. Mas acho que fiz um bom trabalho ainda que o fato da pista ser mais lenta não nos favoreça.”

Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 15º: “Estou contente que tenhamos conseguido melhorar o carro do treino livre para a classificação e acredito que tenhamos feito as escolhas certas para a corrida em termos de nível de downforce e acerto. Geralmente somos mais fortes na corrida e acredito que será o mesmo amanhã.”

Kamui Kobayashi, Sauber, 16º: “Fiz minha volta mais rápida com pneus usados, depois tive muita dificuldade em melhorar com os novos, porque não conseguia colocar temperatura nos pneus. Mesmo assim, tenho uma boa sensação para a corrida.”

Heikki Kovalainen, Lotus, 18º: “Estou muito contente com a performance hoje. Definitivamente conseguimos o máximo de performance possível e acredito que nosso ritmo de corrida nos dá a chance de outra boa prova amanhã.”

Jarno Trulli, Lotus, 19º: “Foi obviamente um sábado difícil para mim, tendo perdido a terceira sessão de treinos depois que descobrimos um problema no câmbio que não poderia ser consertado a tempo. A equipe trabalhou bem para que pudéssemos participar da classificação sem qualquer punição.”

Timo Glock, Virgin, 20º: “O carro estava mais difícil de guiar do que ontem. Já tinha tido dificuldade pela manhã nas freadas – não tinha a confiança para tirar o máximo. Mas a minha volta foi boa e estou feliz em estar à frente da Hispania.”

Daniel Ricciardo, Hispania, 21º: “Estou feliz com a performance de hoje pois não estava muito seguro antes da classificação. Perdi um pouco de tempo com Glock, então talvez pudesse terminar à frente dele sem isso.”

Jerome D’Ambrosio, Virgin, 22º: “Minha classificação foi razoável. Não consegui a volta perfeita, mas não foi tão ruim. Estou animado para a corrida devido ao acerto do meu carro, acho que há mais por vir.”

Vitantonio Liuzzi, Hispania, 23º: “O resultado na classificação foi uma pena porque tivemos um bom final de semana até aqui. Depois da minha segunda tentativa tive um problema na suspensão e o carro estava saindo muito de frente, mas continuei na pista para tentarmos entender o que exatamente era o problema.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso repete posição cativa no ano e larga em quinto

Previous article

Alonso repete posição cativa no ano e larga em quinto

Next article

Para Button, pole de Vettel não é nenhuma novidade

Para Button, pole de Vettel não é nenhuma novidade
Load comments