Novatos Magnussen e Kvyat entram no top 8 e roubam a cena

Contudo, quando o assunto é a corrida, o dinamarquês da McLaren é mais cauteloso que o russo da Toro Rosso

Dois estreantes roubaram a cena na complicada classificação do GP da Austrália, disputada sob chuva: o dinamarquês Kevin Magnussen, quarto no grid com a McLaren, e o russo Daniil Kvyat, oitavo com a Toro Rosso.

Após a bandeirada, contudo, os dois adotaram posturas distintas. Enquanto Kvyat, atual campeão da GP3, demonstrou confiança de que pode repetir o bom rendimento mesmo sem chuva na corrida, o detentor do título da World Series foi mais cauteloso.

“Agora temos de pensar na corrida e mirar em chegar mais à frente”, disse o russo ao TotalRace. “Uma corrida no seco não seria um problema para nós, pois acredito que estamos bem em todas as condições. Acho que vamos conseguir ir bem.”

Kvyat, que acabou rodando e batendo levemente o bico no muro em sua última tentativa, ficou feliz com seu desempenho. “Não imaginava nada, mas foi legal ter acontecido isso. No final, tive aquaplanagem e rodei. Havia água demais para os pneus intermediários, mas ainda assim foi melhor do que o esperado. Foi um milagre.”

Magnussen, por sua vez, demonstrou estar menos confiante de que a McLaren tem ritmo para brigar com os carros da frente.

“Tive uma saída de pista na minha última tentativa, então poderia ter ido mais rápido, mas ainda assim estou feliz - não poderia ter pedido mais. Na corrida, vou fazer o melhor que eu puder, um pódio seria incrível. Mas não é tão fácil e, se estiver seco e pode ser que não tenhamos o ritmo, mas no molhado qualquer coisa pode acontecer. Com condições complicadas, você tem de ser cuidadoso e não esperar muito.” 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias