Novo escapamento pode deixar F1 mais barulhenta em 2016

Após críticas pelo som mais baixo da atual unidade de potência, engenheiro-chefe da Mercedes afirma que novo escapamento trará som mais parecido com o que a categoria tinha até 2014

O motor atual da F1 sofre críticas até hoje a respeito da falta de barulho do motor, se compararmos com que a categoria já produziu. No início do ano, algumas mudanças foram anunciadas já para a temporada 2016, com duas saídas adicionais do escapamento. 

Algumas opiniões se dividem se os decibéis adicionais poderiam ajudar os fãs a relembrar o que o esporte já mostrou um dia. O engenheiro-chefe da Mercedes, Andy Cowell acredita que os motores de 2016 serão mais barulhentos.

"O som vai melhorar", disse Cowell. "No momento, temos a saída principal do turbo na parte de trás da turbina e algumas partes que atuam como "beco sem saída".

"O ressonador na parte lateral dessas partes vai afetar a frequência do som no tubo de escape principal."

"Isso vai melhorar a qualidade de som e aumentar o volume do turbo da saída principal também."

Outras grandes mudanças no carro da Fórmula 1 estão sendo preparadas para 2017. Durante a semana, Pat Symonds, diretor técnico da Williams, afirmou que está tudo apalavrado entre as equipes, faltando somente ser colocado no papel e aprovado pelo Conselho Mundial.

Uma das principais mudanças seria o aumento do tamanho dos pneus, o que também faria mudar as dimensões das carenagens do carros. O próprio Symonds o classificou como "retrô".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Abu Dhabi
Pista Yas Marina Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias