Novo pneu facilitou a vida das equipes grandes, defende Sutil

Alemão acredita que mudança na borracha tornou a relação de forças "mais normal" e prejudicou a Force India

A Force India chega ao GP da Bélgica com a missão de recuperar o terreno perdido após ficar fora dos pontos nas últimas duas etapas e ver o crescimento da McLaren, sua rival direta pelo quinto lugar no mundial de construtores.

A grande dificuldade do time tem sido se entender com os novos pneus Pirelli, que sofreram uma alteração na Alemanha e outra na Hungria, coincidindo com a queda de rendimento do time.

“Temos uma ideia [do que aconteceu]”, afirmou Adrian Sutil, ouvido pelo TotalRace em Spa-Francorchamps. “Fizemos a lição de casa para entender onde estavam as dificuldades. Diria que, parcialmente, é porque não entendemos os pneus tão bem quanto os outros, mas também porque as equipes grandes lidaram com o novo pneu de maneira normal, não tiveram tanta dificuldade. Por isso, tudo ficou mais normal. Mas podemos melhorar e acredito que o carro será eficiente aqui.”

O alemão explicou que a questão dos pneus é complexa, por isso é difícil ter certeza se a equipe pode resolver seus problemas já neste final de semana.

“Não é uma questão de acerto, é uma combinação que pode ser influenciada pelo acerto, mas tem mais a ver com a maneira de aquecê-los e como levá-los ao pico [de performance].”

Sobre sua situação para o ano que vem, Sutil preferiu não dar muitas pistas, mas não escondeu a possibilidade de ficar na Force India para o que seria sua sexta temporada pelo time.

“Não posso dizer muita coisa no momento. Não sei para onde vou, talvez eu fique aqui. Prefiro me concentrar na corrida. São esses os comentários que os pilotos fazem nessa época do ano: não queremos falar e não podemos falar [sobre especulações].”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias