"Nunca tive medo de companheiro de equipe", diz Button, após 2º lugar de Magnussen

Inglês garante que é bom ter companheiro competitivo e exalta liderança da McLaren

Kevin Magnussen precisou de apenas um GP para mostrar a que veio e subir ao pódio. O jovem de estreante mostrou muito potencial na Austrália, mas seu companheiro Jenson Button garante que não ficou preocupado com o desempenho do concorrente.

"A McLaren não teria empregado alguém se não achasse que seria bom", disse o inglês à Press Association Sport. "Na F1, você sempre terá um companheiro de equipe competitivo, mas eu nunca tive medo de um companheiro de equipe. É emocionante ter alguém competitivo”, acrescentou o campeão de 2009, que exaltou o resultado conquistado pela McLaren em Melbourne.

“No primeiro GP do ano, ter os dois carros chegando em segundo e terceiro é fantástico para a equipe”, comentou. Com a punição para Daniel Ricciardo da Red Bull, os dois pilotos da McLaren acabaram indo ao pódio, o que deu à McLaren a liderança do campeonato de construtores, com 33 pontos.

“Eu não me lembro qual foi a última vez que um time que não fosse a Red Bull chegou a liderança do campeonato. Mesmo sabendo que isto não foi devido à velocidade pura e que pode ser apenas por uma corrida, colocou um sorriso no rosto de todos na equipe”, disse Button, que ainda espera vencer este ano.

“Temos atualizações para a próxima corrida. Não sei se isto será suficiente para desafiar a Mercedes, mas nós estamos aqui para ganhar. Não sei quando virá a vitória, mas estamos trabalhando para isso”, garantiu.

O pódio duplo da McLaren na Austrália teve ainda mais relevância já que veio após um ano inteiro sem a equipe ficar entre os três primeiros do campeonato, algo que não ocorria desde 1980.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Jenson Button , Kevin Magnussen
Tipo de artigo Últimas notícias