"O carro tem coisas muito boas", diz Bruno Senna

Piloto brasileiro travou nesta quinta-feira seu primeiro contato com o FW34 da equipe Williams

Bruno Senna em ação durante teste em Jerez de La Frontera

O terceiro dia de testes em Jerez de La Frontera teve apenas um piloto brasileiro na pista. Bruno Senna teve seu primeiro contato com FW34 da Williams e foi o piloto que mais voltas completou na quinta-feira: 125 no total, o que corresponde a mais de 550 quilômetros, quase a distância total de dois grandes prêmios.

"Foi excelente porque deu para correr atrás do prejuízo dos problemas que a equipe teve no primeiro dia de testes. Conseguimos cumprir o cronograma e é muito positivo ter feito saídas longas com tempos consistentes logo de cara. Temos de trabalhar agora em detalhes pequenos para extrair mais performance do carro, já que nosso objetivo é sempre o de ir mais rápido. Mas está indo tudo bem até agora".

Bruno Senna fechou o dia com o penúltimo tempo, 1min21s293. Mas por ter feitos apenas saídas longas, deixou claro que não se preocupou com o cronômetro. De uma maneira geral, ele se mostrou satisfeito com o novo modelo da Williams.

"O carro tem coisas muito boas. Como em qualquer carro novo temos de desenvolver o que não é perfeito. Temos de continuar trabalhando e estimulando a equipe a criar novas partes aerodinâmicas para o carro afim de torná-lo mais veloz".

O piloto destacou ainda o que é a maior novidade do FW34: o motor Renault, que volta a equipar os carros da Williams depois de 15 anos.

"O motor Renault é o mesmo que pilotei no ano passado, é uma unidade com boa potência e um excelente torque, o que torna a pilotagem mais fácil".

Nesta sexta-feira, o brasileiro volta à pista no último dia de atividades da primeira bateria de testes da temporada 2012 da Fórmula 1.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias