"O grande problema é o equilíbrio do carro", reclama Bottas

Finlandês fechou a sexta-feira em Cingapura apenas na 18ª colocação e quer mais rendimento com o supermacio

Valtteri Bottas não escondeu sua insatisfação com o carro da Williams depois de fechar o primeiro dia de atividades do GP de Cingapura na 18ª colocação. O finlandês reclamou do equilíbrio do carro e da falta de rendimento com o pneu supermacio.

[publicidade] “Não foi uma sexta-feira fácil, temos muito trabalho adiante para fazer os pneus supermacios funcionarem. O grande problema é o equilíbrio do carro, principalmente a traseira. O carro não estava bom desde o início do dia”, reclamou o finlandês.

“Parece que os outros conseguiram ganhar 2s de um pneu para o outro e nós só conseguimos 0s5. Não é o bastante e o assunto do debrief certamente será como tirar mais tempo do pneu supermacio. Isso é o principal.”

Para Bottas, a Williams deve sofrer mais aqui do que na Hungria, onde o time teve problemas devido às características da pista, semelhantes ao circuito de Marina Bay.

“A sensação é mais difícil aqui do que na Hungria, e precisamos entender o porquê. O carro não era fácil de pilotar e nem consistente. Esse circuito tem muito mais ondulações do que na Hungria, então talvez esse seja um motivo.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias